“O Capitão Abandona o Navio que Afunda”

Mensagens do Pai Celestial à Anne Mewis

“Antes de tudo, Eu gostaria de dizer que o Capitão abandona o navio que afunda. O que significa isto, Meus amados? Significa isto que este pastor supremo, o Santo Padre Papa Benedito XVI está tão gravemente doente que ele deve abandonar o navio que afunda? Isto é verdade, Meus amados ou isto é engano? Vós podeis reconhecer isto? Então acreditais e confiais no Pai Celestial  ainda mais agora. Pois Eu sozinho sei sobre a preocupação deste pastor supremo.

Vejam as minhas mensagens. Eu já não vos tenho a muito tempo anunciado que este pastor supremo queria abdicar de sua autoridade? Podeis vós compreender isto, Meus amados fiéis, que o pastor supremo, que será muito honrado por todas as instituições e por todas as irmandades, abdica agora de sua autoridade? Isto foi previsível para vós? Não! Isto é providência Meus amados. Eu quero ainda salvar este pastor supremo, pois ele se encontra à beira do abismo, como Eu vos tenho frequentemente profetizado.

Contudo, vós não acreditais Minha amada cúria, Meu amado episcopado e clero. Vós não acreditais, pois vós não tendes reconhecido isto. Vós quereis seguir este pastor supremo e Eu tenho vos advertido. Se o pastor supremo vos ir à frente no caminho da incredulidade, vós deveis segui-lo? Deveis vós cultivar com ele um diálogo? Não, Meus amados, Minha amada irmandade Irmãos Pio. Isto vós não deveis. Podeis vós negociar com o mal? Isto é possível? Nao! Este pastor supremo anunciou a incredulidade ao mundo. Não só isto, Minha amada irmandade Irmãos Pio, vós tendes reconhecido que ele mesmo, este pastor supremo, passou a frente a incredulidade em Assis e vendeu e traiu a Minha Santa, Católica e Apostólica Igreja. Isto é a verdade, Meus amados? Podeis vós ainda seguir este pastor supremo, Minhas amadas instituições?

Onde está a verdade? Onde estava a verdade para se procurar? Em Minhas mensagens estão as verdades! Minha mensageira é estabelecida para a Alemanha. Meu pastor supremo deveria, antes de tudo, estar para a Alemanha, para conduzir a Alemanha ao ponto mais alto da verdade e da fé. Ele tem feito isto? Ele considerou esta missão, que Eu dei a ele quando Eu o escolhi no conclave?

Meu amado pastor supremo, Bento XVI, tu tendes falhado, lamentavelmente. E em torno disso tu abandonas o navio imergente, Minha Igreja Católica, pois tu a traístes e tu deverias dizer: ” Eu falhei, eu abdico de minha autoridade e agora eu irei em oração, como era previsto para mim”. Tu não podias fazer nada e nada melhor para salvar a sua alma, que ir em silencio para rezar e expiar pelos muitos sacrilégios que tendes cometido.

Extraviado está a cúria que deveria ter guiado o Santo Padre, guiado numa via certa e não que o arruinasse à incredulidade. Vós não tendes dado-lhe advertência nenhuma. Vós não tendes dado nenhuma atenção a ele: “Amado pastor supremo, isto é inverdade e a incredulidade o que tu anuncias agora. Converta, pois até ao último suspiro é ainda tempo para se converter!” Tu tinhas a responsabilidade por toda a igreja católica mundial. Tu seguiste esta missão e esta tarefa? Não, tu não tens! Por isso Eu o exorto pela última vez: Vá em silêncio e abandone este cargo, que segundo o Meu desejo e vontade irá terminar em 28 Fevereiro 2013. (O Pai Celestial fala – 17 Fevereiro 2013).