“Mas vós pensais que estas mensagens não são autenticas”.

Muitos sacerdotes se perdem hoje. Eles obedecem aos seus Bispos, apesar que estes se encontram na confusão, assim como também, o Pastor Supremo. A verdade não será mais vivida e ensinada. Meus amados filhos sacerdotes, comportais mesmos e acreditais que somente de vós é que se devem buscar a verdade. Olhai as mensagens e vejam o que elas dizem, para ver se vós sereis tocados por estas palavras. Se sim, vós tendes a obrigação, Meus amados filhos sacerdotes, de viver esta verdade e repassar aos fiéis. Vós tendes a obrigação, Meus amados filhos sacerdotes, de celebrar o Santo Sacrifício no verdadeiro Rito Tridentino segundo Pio V, apesar de vós pensardes que vós deveis demonstrar obediência a estes bispos, vossos bispos, apesar de eles vos conduzirem ao engano.

Porque não acreditais que é importante dar atenção à vossa consciência? Não golpeia vossa consciência, quando vós ouvirdes estas mensagens? Quando elas entram em vossos corações e quando vossos corações são tocados por elas? Não podeis converter-vos, renunciar-vos a tudo e cumprir o plano do Pai Celestial? Ele tem com cada um de vós, Meus amados Filhos sacerdotes, um plano especial e este plano vós deveis seguir. Ele não vai nunca vos conduzir ao engano. Ele quer vos ajudar retirando-vos do engano.

Mas vós pensais que estas mensagens não são autênticas. Que elas não são fiéis à bíblia. Onde está a falha, segundo vosso pensamento? Vós dizeis : “Nós temos a bíblia e nós não precisamos de mensagens alguma. Isto não é necessário para nós, pois nós sacerdotes sabemos o que corresponde à verdade”. Não, Meus amados sacerdotes! Isto vós não sabeis, senão vós estaríeis a tempos a celebrar a Santa Missa de Meu Filho, segundo Pio V, no Rito Tridentino. Sempre ainda, vós pensais que se deve manter o banquete comunitário no altar do povo. Não! Vosso Pai Celestial não deseja isto. Não vos deixeis impor-se pela falsa obediência. Ele (banquete comunitário) não se encontra na verdade. E Eu, Meus amados filhos sacerdotes, gostaria de vos conduzir, definitivamente,  ao Meu Filho, para o verdadeiro Santo Sacrifício no Santo Altar. Sejais vós  Santos sacerdotes e manteis o Santo Sacrifício com toda a reverência e não vosso poder, como vos é preferido que se pode, simplesmente, alterar a liturgia. Não! Não se deve.

O que significa a fé? A fé significa vós acreditar naquilo que vós não vedes – no grande mistério da Eucaristia. Isto é o mais valoroso de tudo. E hoje, neste dia do batismo de Meu Filho Jesus Cristo, vós sois, de forma especial, demandados para batizar os fiéis no Rito verdadeiro e não no modernista. Eles devem ser livrados do mal e devem entrar nesta Única, Verdadeira Igreja Católica. Não em igreja protestante. O batismo é importante, Meus amados. O batismo é o início para a construção de todos os outros sacramentos.

Porque vós não acreditais ainda, Meus amados sacerdotes, apesar de muitas almas de expiação estarem por detrás de vós? Estes mensageiros encontram a verdade neste único Santo Sacrifício que vós deveis celebrar. Com isso vós não ireis extraviarem-se. Que tipo de Missa vós manteis, Meus amados filhos sacerdotes? Para o povo e com as costas para o Tabernáculo! Para quem vós manteis esta Missa? Para o povo, sem adorar Jesus Cristo Meu Filho na Santa Eucaristia e sem unir-se à Ele no Santo Cálice. Isto é importante para vós? Não tem Ele derramado Seu Sangue? E não é renovado em todos os Santos altares o Sacrifício da Cruz de Meu Filho nesta Santa Missa (Tridentina)? Isto não corresponde à verdade? Se isto não fosse o caso, então vós poderíeis proceder contra as mensagens. Mas tão logo que elas correspondem à verdade, vós não as podeis negar. Elas são do Meu Pai Celestial e Ele fala a vós e Ele tem um amor ardente por vós e Eu, como Mãe e Rainha dos sacerdotes, peço-vos sempre novamente: Siga Meu Filho Jesus Cristo. A Ele sozinho vós deveis servir. Daí, vós viveis a verdade e a anunciai. Senão, vós estais na inverdade, no engano e estes vós não deveis espalhar.

Esta mensagem são difundidas desde a 8 anos no mundo, pelo Pai Celestial, por Mim, a Mãe de Deus e também por Meu Filho Jesus Cristo. Com isso os fiéis devem acreditar e, esta fé, este amor, pode fluir mais fundo em vossos corações. Abra vossos corações para o amor, especialmente vós, Meus filhos sacerdotes! Mantei de pé à verdadeira fé e nunca à descrença. Minha mensageira, que vai continuar a anunciar estas mensagens, expia por vós. Acreditai vós que ela pode expiar pelo mal, como vós assim espalhais? Ela vai querer assim fazer sacrifícios? Ela, solícita, iria querer suportar doenças? Iria ela querer rezar por vós noites longas a dentro, para vos salvar diante do eterno mal? Da depravação eterna? Não! Ela pede sempre, a Meu Filho, e sempre de novo, a livrar e salvar estes sacerdotes da confusão e do engano. Este é o seu objetivo com seu pequeno rebanho e nada mais.” (13 Janeiro 2013 – A Mãe de Deus fala).