9 Outubro 2016 – Vigésimo Primeiro Domingo Depois de Pentecostes

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

9 Outubro 2016 – Décimo primeiro domingo depois de Pentecostes. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Nós celebramos hoje o vigésimo primeiro domingo depois de Pentecostes. Antes precedeu-se um digno Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V.

Durante o Santo Sacrifício da Missa entravam e saiam Anjos que vinham de fora. Eles agrupavam-se em torno do tabernáculo e em torno do altar da Mãe de Deus. O Santo Arcanjo Miguel movimentava sua espada na direção dos quatro pontos cardeais, durante o Santo Sacrifício da Missa. Isto Eu pude ver hoje. Eu senti também um perfume especial, o qual eu. até o momento, senti raras vezes. Era provavelmente um perfume de lírios. Eu não pude defini-lo, pois isto era um perfume celeste.

O altar da Mãe de Deus estava abundantemente adornado com flores brancas e o Manto da Mãe de Deus estava também em branco, assim como o Rosário.

O Pai Celestial falará hoje: Eu, o Pai Celestial, falo hoje através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Meu pequeno rebanho amado, Meus amados seguidores e Meus amados peregrinos e fiéis de perto e de longe. Vós atendestes hoje ao Meu chamado e, ontem, ao chamado da Mãe Celestial. Nos últimos tempos, recebestes muitas instruções de Mim e também da Mãe Celestial. Por favor, levai a sério estas instruções que serão fluídas para vossos corações.  Estas instruções são estabelecidas para vós e também para os amados seguidores. Chegou o tempo, o tempo de Minha intervenção está à porta. Eu estou tão triste pelo fato de que muitas pessoas têm que sofrer, pelo fato de que estes incrédulos, que são do mal, se deixam entrar num beco sem saída.

O Santo Arcanjo Miguel teve hoje que movimentar a Sua espada em todas as quatro direções dos pontos cardeais para afastar o mal de vós. Tende atenção, Meus amados filhos, pois o mal pode estar no outro, além de poder transmitir-vos o mal como uma verdade. Frequentemente isto é mentira ou também até mesmo uma ação.

Ontem foi um dia especial. O dia do cenáculo de vossa Mãe Celestial. Vossa Mãe é vossa amorosíssima Mãe que sempre pensa em vós e auxilia-vos em qualquer ocasião. Chamai-A, especialmente os Anjos também. Neste útlimo tempo, os Anjos têm um poder especial. Frequentemente vós não percebeis que o mal quer tentar-vos.

Mantei-vos juntos, sede solícitos e agradecidos. Vós não podeis olhar para o futuro. Mas Eu, o Pai Celestial, conheço o passado, o presente e o futuro. Estes são um para Mim, porém não para vós, Meus amados. Vós não percebeis muita coisa, pois sois pessoas falíveis, porque vós agis, frequentemente, de acordo com os vossos sentimentos. Esses sentimentos podem ser enganadores.

Hoje ouvistes no Evangelho sobre o mau servo, que não quis dispensar a dívida de seu servo. A ele mesmo foi dispensada a dívida. O que isto deve significar para vós, para todos vós? A vós foi perdoado vossos pecados no sacramento da penitencia. Recorrei a este sacramento frequentemente e perdoai um aos outros.

Como são as coisas com as outras pessoas? Elas pedem pelo perdão. Todavia, quando um outro a fere e ofende, então elas não estão na posição de poder perdoar. Se elas estão rancorosas então Eu não posso ajudá-las. Ainda vale o mandamento: Amai vosso inimigos e rezai por eles, pois Eu também quero salvá-los.

Vós, Meus amados, estais aí para o Meu consolo. O Santo Sacrifício da Missa que vós celebrais todos os dias é  uma preciosidade para vós, a pérola dourada, a camera do tesouro. Vós observais os mandamentos, os seguis em obediência.

Todavia, quantas pessoas serão afetadas pela mentira, pela mentira da cadeira papal em Roma, pela mentira dos cardeais e bispos. Os fiéis serão empurrados para a descrença e para a mentira. A mentira é apresentada como verdade. Por isso, eles não se convertem.

Amados sacerdotes, quão frequente Eu vos tenho admoestado. Convertei e testemunhai a verdade, pois somente a verdade pode salvar-vos. Se vós continuardes a seguir a mentira, então a incredulidade se espalhará por todo o mundo. O ateísmo cresceu.

Contudo, Eu, o Pai Celestial, gostaria que muitas pessoas pudessem se converter, que elas estivessem dispostas a isso. Vós contribuís com vossas expiações para a conversão. A vós, entretanto, o pior sofrimento permanece por não ser poupado. O Pai Celestial carrega convosco esta pesada cruz. Ele sempre sabe sobre vosso sofrimento. Ide para a Mãe e queixe com Ela a vossa cruz. Ela ajudar-vos-á e chamará os Anjos para que vos apoiem, especialmente o Santo Arcanjo Miguel.

Perdoai um aos outros como Eu vos perdoeis. Se vosso coração está obstruído e não podeis perdoar, então o bom não pode penetrar em vós. O bom vem de Mim. A iniquidade, a mentira e a incredulidade são do mal. Isto vós tendes que reconhecer muito claramente. Perdoai um ao outro, assim como Eu vos tenho perdoado e recebei então uma dígna Santa comunhão na boca que vos fortalece para a viagem ao céu. Rezai diariamente o Rosário e segurai-o na mão, quando a dificuldade quiser vos atribular e não terdes mais noção, em razão do desespero, pois pensais que vossa cruz pesa sobre vossos ombros. Então rezai intimamente e implorai ao Pai Celestial, este que vos ouve em qualquer ocasião, o que está em Seu desejo e Vontade.

Estai preparados para o último tempo e para esta intervenção que será poderosa.

Vós, meus amados, estais protegidos, todavia muitos outros não estão. Continuai a expiar por estes que ainda não querem se converter. Eles se encontram totalmente sozinhos em suas vontades e não na Graça que eles recebem e não aceitam. Esta Graça é concedida a todos.

Eu amo a todos, especialmente os Meus amados sacerdotes e tenho grande anseio por seus corações que necessitam de conversão.

Assim, abençoo-vos Eu de todo o coração, Meus amados e filhos Marianos na Trindade, com todos os Anjos e Santos, especialmente com vossa amorosíssima Mãe Celestal, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Eu amo-vos imensuravelmente. Estai dispostos a cumprir o desejo e a vontade do Pai Celestial. Amém.