8 Setembro 2016 – Natividade da Virgem Maria.

Mensagem da Mãe de Deus à Anne.

8 Setembro 2016 – Natividade da Virgem Maria. A Mãe de Deus fala após o Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje, 8 de setembro 2016 e festa da Natividade da Virgem Maria, nós celebramos devotamente a festa da Mãe de Deus em um Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V.

Quão grande festa celebramos hoje! Nós nem podemos imaginar (o quão grande foi). O altar da Mãe de Deus estava hoje provido com um bonito e especial adorno de flores. O manto da Mãe de Deus estava (também) adornado com muitos brilhantes pequenos e pérolas brancas. Os Anjos entravam e saiam durante o Santo Sacrifício da Missa e se agrupavam especialmente em torno do altar da Mãe de Deus.

A Mãe de Deus falará hoje: Eu, vossa amorosíssima Mãe, como Rosa Rainha de Heroldsbach e como Mãe e Rainha da Visória, falo hoje através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai Celestial e repete somente palavras que hoje vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos de perto e de longe. Eu cumprimento-vos em Minha grande festa. Sim, o Pai Celestial coroou-me como a Rainha do céu e do Universo. Eu nasci da linhagem de principes, como Mãe de Deus, como a mais bela de todas as pessoas. Esta grandeza (de honra), para a qual o Pai Celestial Me elegeu, não podeis entender com vossa compreensão, pois Eu como Imaculada Conceição, acolhi o filho de Deus e dei à Ele a luz. Eu nasci como a mais pura de todas as puras.

Eu gostaria de transmitir-vos que Eu faço à intercessão por vós junto do Pai Celestial. Ele Me concede esta intercessão. Caso vós Me pedis, Eu poderei salvar-vos em todas as situações nas quais vós deparais. Eu sou também a Mãe do Salvador, do Filho de Deus. Eu segui o Meu Filho, o Filho de Deus até debaixo da cruz. Por isso é que Eu tornei-Me também a Mãe de todos os redimidos. A mais pura de todas as puras fala-vos hoje. Vós tendes permanente contato comigo caso tomais-Me em vossa vida religiosa.

Pelo fato de Eu amar-vos muito, Eu trago-vos até ao Pai, ao Pai Celestial, para Quem vós deveis olhar e pelo qual sabeis que sereis amados no amor sobrenatural do Pai. Ele têm-vos amados desde a eternidade e vós podeis Lhe demonstra-Lhe agora vosso amor recíproco. Ele põe atenção ao vosso “sim Pai”. Vós permaneceis sempre os protegidos. Em qualquer situação sois os escolhidos, os quais seguistes o céu e carregastes todas as dificuldades. O agradecimento é muito importante para o Pai Celestial, pois Ele escolheu-vos. Eu fui dada a vós como Mãe, pois demonstrais ao Pai na Trindade que O amais. Por isso podeis olhar para o céu, pois sois os redimidos. Vós acolhestes a Graça que vos foi concedida. Vós acompanhais o Pai Celestial na alegria.

Quando o Pai Celestial olha para Mim, então vós tendes já o consentimento de que Ele ouvirá o vosso pedido. Ele olha para em Meus olhos divinizados. Ele gostaria trazer-vos a Ele através de Mim, (de forma) que vós amados, podeis vê-Lo novamente no céu, na eterna Glória.

Hoje em Meu dia de festa, Eu desejo a todos os redimidos e todos os escolhidos que seguem ao céu uma grande alegria e enorme Graças. Recebei-as, pois elas são estabelecidas para vós. Eu amo-vos de forma muito especial, pois Eu convoquei-vos e jamais vos deixarei sozinhos, venha o que vier. Amados filhos Marianos, Eu recolho-vos sob o Meu manto protetor, pois aí estais seguros e escondidos.

Assim Eu abençoo-vos hoje, neste Meu grande dia de festa, com todos os Anjos e Santos na Trindade, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Permanecei fiéis ao céu e amai vossa Mãe Celestial que sempre quer estar aí para vós.