6 Agosto 2017 – Domingo, Festa do Pai Celestial e da Transfiguração de Cristo.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

6 Agosto 2017 – Domingo, Festa do Pai Celestial e da Transfiguração de Cristo. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne. 

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Nós celebramos hoje, 6 agosto 2017, a Festa do Pai Celestial com um Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V. O Pai Celestial estava hoje enraizado em rosas. Eram muitos arranjos de rosas que foram enviadas para o Pai Celestial, por cada uma pessoa dos seguidores, para que Ele possa vivenciar esta festa em pleno brilho, pois nós todos queremos dar a Ele a honra que somente à Ele se intitula, pois o Pai Celestial é, sim, o Todo Poderoso, o Maior, o Amorosíssimo, pois Ele é o Pai Celestial da Trindade.

“Por isso, o altar da Virgem Maria e também o Altar do Sacrifício irradiavam hoje num brilho claro e estava provido com riquíssimo arranjo de flores e rosas.” Foto: altar da Virgem Maria na greja-casa em Göttingen

Por isso, o altar da Virgem Maria e também o Altar do Sacrifício irradiavam hoje num brilho claro e estava provido com riquíssimo arranjo de flores e rosas. Cada uma das rosas que o Pai Celestial recebeu como presente estava com ornadas com diamantes e pérolas, respectivamente. Tudo estava irradiado com um ouro brilhante. Os Anjos e também os Arcanjos entravam e saiam durante o Santo Sacrifício da Missa e cantavam o Santo Sacrifício da Missa em variados tons.

O Pai Celestial mesmo falará hoje no Seu dia de honra: Eu, o Pai Celestial, falo hoje neste Meu dia de honra, através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra totalmente em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores, amados peregrinos e fiéis de perto e de longe. Eu vos cumprimento a todos hoje em Meu dia de honra e vos agradeço por esta honra, que vós Me demonstrastes. Vós estais aí para o Meu consolo, vós que sois os Meus amados escolhidos. Quão muito Eu Me alegro que vós celebreis este dia festivamente. Esta festa não foi até hoje reconhecida por esta igreja modernista. Todavia, vós, Meus escolhidos, sabeis que Eu desejei este dia para Mim [1].

Eu mesmo o escolhi para Mim e vós demonstrais amor e agradecimento para Comigo neste dia de honra. Quanta alegria Eu pude já vivenciar convosco. Porém, hoje é um dia muitíssimo especial, pois vosso amor recíproco é simplesmente único. Eu, o Pai Celestial, gostaria de vos dar constante alegrias e vos inundar de presentes.

Vinde sempre para o vosso Pai Celestial, quando as preocupações atormentar-vos. Vós pensais frequentemente que as vossas cruzes, as quais Eu vos permito ter, seriam demasiada pesadas para suportar. Por amor, Meus amados, Eu irei assim abraçar-vos quando vós a aceitais, pois através de vossas cruzes sereis amáveis e valorosos.

Não tem o Meu Filho Jesus Cristo, o Filho de Deus, demonstrado Seu amor a Mim, através da aceitação da cruz? Ele observou totalmente os Meus desejos e se sacrificou na cruz por todos. Não foi isto o maior amor por vós humanos?

Assim, demonstrais vós a Mim também, por favor, o agradecimento e aceitai a vossa cruz assim, como Eu desejo de vós, Meus amados. Vós sois, sim, Meus amados e herdeiros do céu.

Lamentavelmente, há hoje muitas pessoas que atiram fora a cruz, pois elas pensam que na cruz elas sofrem o desprezo ou se sentem não amadas. Elas Me cortaram totalmente de suas vidas.

Os sacerdotes devem celebrar o Santo Sacrifício da Missa que o Meu Filho Jesus Cristo estabeleceu, em devoção, para todos como legado. Eu não desejo que eles se voltem ao povo, mas apresente ao Meu Filho Jesus Cristo o sacrifício em toda a devoção, pois cada Santo Sacrifício da Missa é uma repetição do Sacrifício da Cruz de Meu Filho.

Lamentavelmente, cortou-se o Santo Sacrifício da Missa da Memória. Isto significa que todos os sacerdotes tem de voltar-se ao Meu Filho e não ao povo. Também as mãos dos sacerdotes são consagradas através do Sacramento. Somente com estas mãos sacerdotais é que pode ser partilhada a Santa Comunhão aos fiéis, precisamente de joelhos e na boca. Isto é o verdadeiro Sacramento em toda a devoção, o qual não se encontra em nenhuma comunidade de fé. Ela é única na fé católica e não é substituída por nada.

Quando, porém, esta verdade seria definitivamente reconhecida pelos fiéis? Por isso, aguardo Eu, como Pai Celestial. Todas as outras possibilidades, que são apresentadas nesta igreja modernista não são permitidas e inválidas.

Isto são sacrilégios e, precisamente dos grandes. Tudo tem que ser expiado, porque os Meus sacerdotes não reconheceram até o momento, que Eu gostaria de guia-los e conduzí-los. Para isso, Eu necessito de suas livres vontades e necessito que eles digam: “Pai, eu sou totalmente Teu e eu gostaria de cumprir o Teu desejo. Eu não quero olhar para mim mesmo, pois não é a minha honra que é importante como sacerdote.” 

Os sacerdotes de hoje estão no banquete comunitário modernista. Eles viraram as costas para o Meu Filho. Eles afastaram Dele. 

Como sabeis, Meus amados fiéis, hoje tem-se já colocado de lado a batina sacerdotal. A Santa Missa não é mais celebrada hoje, o Santo Sacramento da Penitência foi substituído pela uma oração penitencial, muitas vezes administram os sagrados sacramentos aos leigos e, além disso, há já agora uma missa dos leigos com partilha de comunhão.

Estas pessoas são autorizadas a administrar os sacramentos, através de um documento de sua diocese. Esta igreja é consagrada à satanás, pois  ela perde cada vez mais a verdade e substância. Também não será dada a entrada a vós, pois ela será controlada por satanás.

Porém, se Eu reconheço esta verdadeira igreja católica, então Eu tenho também, como fiel cristão, que celebrar o Santo Banquete Sacrificial no Rito Tridentino segundo Pio V., o qual foi estabelecido pelo Meu Filho Jesus Cristo na Quinta Feira Santa. É difícil para a maioria dos fiéis o fato de que eles serão evitados, expulsos e desprezados pelos seus conhecidos.

Assim, cada sacerdote não pode por si mesmo, alterar as palavras que foram ditas pelo próprio Jesus Cristo na instituição da Ceia do Senhor. Estas palavras foram canonizadas pelo Papa Pio V., ou seja, elas nunca mais podem ser alteradas. Quem faz isto está amaldiçoado. Os sacerdotes não observam isto hoje. Eles alteram estas palavras de acordo com seus próprios critérios, totalmente da maneira que lhes agradam e de acordo com que eles desejam pessoalmente. Isto não tem nada mais a ver com Santo Sacrifício da Missa que Meu Filho Jesus cristo estabeleceu. Esta igreja não é mais a igreja de Jesus Cristo, Meu Filho, nomeadamente, a Única, Verdadeira Santa Católica e Apostólica Igreja. Por isso, esta igreja perdeu em verdadeiro valor. Por isso, o islamismo pode espalhar-se hoje tão rapidamente na Alemanha.

Vós podeis reconhecer claramente que este falso Papa, que ocupa o Santo Trono, foi manipulado e, certamente, não representa a igreja católica. NÃO SE DEVE SEGUÍ-LO. Deste jeito, submete-se à incredulidade e descrença. Meus amados filhos, porque sois tão cegos, a ponto de seguirdes o grande fluxo, o qual vos conduz ao engano?

Eu desejo definitivamente de Meus cardeais e bispos que eles reconheçam a verdade e difundam novamente a verdadeira igreja católica. Eu coloco no coração deles que não mais espalhem estes graves sacrilégios. 

Eu desejo que, definitivamente, seja feita uma divisão e que eles também a implementem na prática. Eu, o Pai Celestial, falo através destas palavras no Meu grande dia de festa, pois Eu sou o Pai Celestial que direcionará e guiará tudo. E isto permanece assim, ou se Me reconhece agora como Pai Celestial ou Me nega e despreza. Eu permaneço o Pai Celestial na Trindade.  

Agora, Meus amados filhos, vós podeis escolher. Ou sou Eu para vós o verdadeiro e poderosos Deus na Trindade, o Pai celestial, ou ir-se-á dizer ainda hoje: “Isto não é a verdade para mim, a realidade, mas sigo o concílio vaticano II. Aí, eu tenho a liberdade de desdobrar-me como eu desejo como sacerdote. Aí, os meus desejos serão satisfeitos e não os desejos do Pai Celestial na Trindade. Aí, eu tenho a liberdade que vai ser concedida a mim somente na igreja modernista. Eu acho que é especialmente confortável que não haja mais pecado, pois o purgatório e o inferno também não existem mais”.

Tudo se mudou agora para a vantagem do povo e o fluxo comum é o povo da igreja modernista de hoje [2]. Isto é a incredulidade e descrença.

Meus amados sacerdotes, quereis vós agora, por fim, reconhecer a verdadeira fé? Ou quereis precipitar-vos no abismo eterno? Um dia sereis questionado: “Tendes testemunhado a verdadeira fé em vossa vida?”. Depois disso, sereis julgados. Isto não será poupado a ninguém, nem mesmo àquele que despreza a fé ou a coloca de lado. Eu vos pergunto então: “Colocastes a Mim, o verdadeiro Deus na Trindade, em primeiro lugar? Amastes o Meu Filho Jesus Cristo acima de todas as coisas em vossa vida? Tendes vós, Meus amados sacerdotes, celebrado o Santo Sacrifício da Missa no verdadeiro Rito, assim como o Meu Filho estabeleceu? De outra forma, não sois sacerdotes vocacionados, os quais Eu escolhi. Vós não O demonstrastes a honra. Afastai de Mim, vós malditos.” Quereis vós ser contados a estes?

Os cristãos católicos de hoje não podem mais testemunhar o seu valor na fé. E quão rápido eles se tornaram protestantes sem terem percebido isto. Hoje, já se diz: ”Nós todos temos um Deus, igual católico ou evangélico.” Isto é, lamentavelmente um erro, Meus amados filhos. Hoje, a verdadeira fé católica tornou-se num fator perturbador em todo o mundo.

Se vós pensais que podeis reformar esta igreja de hoje, então estais lamentavelmente arruinados ao engano. Vós não podeis destruir esta Única Verdadeira Igreja Católica em suas pescarias, pois esta igreja irá permanecer para sempre, “pois as portas do inferno nunca prevalecerão sobre ela. 

Ainda o espírito maligno, nomeadamente satanás, tem seu poder e ele o exerce. Todavia, o Espírito Santo guarda a igreja. Se Eu, o Pai Celestial, coloco o ponto final em satanás, isto significa que ele perdeu seu poder.

Por isso, acordai, Meus sacerdotes. Ainda é tempo, ainda podeis converter-vos. Perguntai-vos:” Como vivo no futuro? Eu vivo a verdadeira fé ou eu a nego”, assim como os sacerdotes da igreja modernista fazem hoje. Então, decidi-vos como quereis continuar a viver, pois Eu, o Pai Celestial, irei intervir na Omnipotência. Eu irei então intervir, caso Eu ache assim o correto, mas não como os Meus sacerdotes esperam. Esta intervenção será inesperada por todos e ocorrerá numa força insondável. Vós não podereis imaginar e entender nada, pois Meu poder virá a ser concretizado, precisamente de uma maneira totalmente diferente da que vós esperais.

Eu abençoo-vos agora em toda a confiança e amor com todos os Anjos e Santos, especialmente com vossa amorosíssima Mãe Celestial, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vós sois amados desde a eternidade. Continuai a apresentar-Me vosso amor recíproco

[1] “…que Eu desejei para Mim” – O dia em honra ao Pai Celestial foi manifestado já por Ele à irmã Eugénia Ravasio em 1932. Porém, este desejo Seu desejo não foi colocado em cumprimento pela igreja.

Veja mais aqui –>> Mensagens sobre o dia do Pai Celestial.

A irma Eugénia Ravasio, em 1932, recebeu a mensagem do Pai Celestial onde Ele manisfesta o Seu desejo de que se celebre o primeiro domingo de agosto em Sua honra.

Leia mais clicando na imagem abaixo.

A Irmã Madre Eugénia Ravásio

[2] “… o fluxo comum é o povo da igreja modernista de hoje” – É também uma referência àqueles que entram pela porta larga, evitando entrar pela porta estreita, a qual leva à Verdade.