5 Novembro 2016 – Cenáculo.

Mensagem da Mãe de Deus à Anne.

5 Novembro 2016 – Cenáculo. A Mãe de Deus fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Nós celebramos hoje, 5 novembro 2016, o Cenáculo na igreja-casa em Göttingen. O altar do Sacrifício, assim como o altar da Mãe de Deus, estavam abundantemente ornados. A Mãe de Deus tinha aparecido em manto branco e elevou ao alto o Seu Rosário cor azul. Sua coroa brilhava com muitos diamantes e seu manto estava coberto com pequenas pedrinhas brilhantes.

A Mãe de Deus falará hoje: Eu, vossa amorosíssima Mãe, a Rosa Rainha de Heroldsbach e Mãe e Rainha da Vitória, falo hoje através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai celestial e repete somente palavras que hoje vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos e fiéis de perto e de longe. Eu chamei-vos hoje neste Cenáculo, para que recebeis a sabedoria do Espírito Santo, o Espírito da verdade. Vós não reconheceis quando vos encontrais na serenidade. Acolheis este grande dom em vossos corações. Ele tem que estar amplamente aberto para estas verdades, para que o mal não tenha chance alguma. Ele circunda como um leão que ruge e ainda gostaria de vos confundir no último momento. Se vós não viveis e testemunhais a plena verdade, então não podeis entrar neste Cenáculo.

Amados sacerdotes, consagrai-vos ao Meu Coração Imaculado, para que podeis entrar fortes e seguros nesta nova igreja. Meu Filho Jesus Cristo estabeleceu esta igreja para vós como herança. Desta igreja não sobrou mais nada nesta época. Tudo se encontra na incredulidade, pois tudo está distorcido, de tal forma que não mais se pode reconhecer a verdade.

O demônio é o distorcedor e o mentiroso e vem agora contribuir neste tempo do colapso massivo da fé, da apostasia. A heresia deste Papa de hoje não para, mas toma formas de ameaça. O mal acredita ter conquistado sua vitória. Não é de se imaginar como satanás exerce o seu poder e de como ele conduz Meus amados sacerdotes ao erro. Eles persistem nos seus orgulhos e são arrogantes. Eles continuam a permanecer no altar do povo e celebram o banquete comunitário e, irresponsavelmente, conduzem-nos ao erro.

Meus amados, percebeis que não podeis seguir estes sacerdotes? Reconheceis que o pastor supremo anuncia a incredulidade? Estas heresias são tão prejudiciais que os fiéis, sequer, não as reconhecem, de forma que os sacerdotes aparecem para eles como dignos de louvor. Elas sentem-se atraídas por eles, porque o pecado não é mais observado. Tem-lhes levado a acreditar, que não há mais pecado e o inferno foi abolido. Os prazeres mundano tornaram-se importante para as pessoas. Suas vidas estão orientadas para eles e o amoroso Deus não mais existe.

Elas persistem nos pecados graves, pois se aboliu a confissão pessoal e a substituiu através da oração penitencial. A Santa Eucaristia está totalmente adultareda. Tem-na igualado com a última ceia da igreja protestante. O globalismo está em marcha. Tudo será feito igual, não há diferença alguma na fé. O liberalismo e o humanismo difundiu-se. A humanidade sem fé afunda na lama.

Eu, como Mãe Celestial, não posso ajudar Meus filhos. Eu espero pelo seu chamado. Todavia, eles se calam e por isso a multidão dos Anjos não pode ser chamada.

A comunhão na mão e os leigos no altar tornaram-se significativamente repugnante. Graves sacrilégios pesam sobre estes sacerdotes que não prestam obedência alguma ao Meu Filho.

De Meu movimento sacerdotal Mariano não saiu benção alguma e nenhuma força, pois o Santo Banquete Sacrificial permanece até hoje distante para eles. Eu os tenho chamado e quis protegê-los sob o Meu manto protetor. Contudo, Eu não posso protegê-los, pois eles fazem uso de sua própria vontade. Eles se encontram frequentemente em pecado grave e, com isso, pisam no altar. Eles vivem e anunciam a incredulidade, apesar de Eu ter-lhes dado muitas instruções.

Meus fiéis, que se ajoelham diante de Meu Filho na hora da Santa Comunhão, tornam-se discriminados e desprezados. Fazem-se deles publicamente de ridículos e retiram-lhes a honra. Proíbem-lhes a comunhão na boca para que eles nadem no largo fluxo e, finalmente, saiam da igreja, pois não lhes dão ouvidos. Desprezam-nos e injuria-nos. Banem-nos da casa de Deus de Meu Filho. Quão longe, decaiu a igreja de Meu Filho hoje!

Meu Filho Jesus Cristo concebeu um novo plano, para fundar uma nova igreja. Todavia, como vai isto com os Meus sacerdotes? Obedecem estes sacerdotes ao Meu Filho Jesus Cristo ou eles obedecem ao seu bispo responsável? Celebram eles o Santo Banquete Sacrificial ou eles desfrutam o banquete comunitário?

Meus amados sacerdotes, quão triste está, sim, o Meu Filho Jesus Cristo, o Filho de Deus que fez tudo para nós pessoas, que foi à cruz para a nossa salvação. Quantas lágrimas Ele já derramou pelos sacerdotes. Eu, como Mãe Celestial, choro hoje visivelmente em muitos lugares, sim, Eu choro até mesmo lágrimas de sangue. Eu gostaria de proteger todos os Meus sacerdotes sob o Meu manto extenso e seguro. Lamentavelmente, isto até hoje não é possível.

Os mensageiros do Pai Celestial são hoje todos perseguidos. Neles podeis reconhecer a verdade. Os mensageiros que Ele escolheu são desaprovados. Não se acredita no sobrenatural, porque se persiste no mundano. O Pai Celestial teve que definir uma mensageira em razão de Sua missão mundial, para falar Sua palavra em alta voz para o mundo afora. Minha pequena foi designada para isto. Ela será desprezada, todavia, ela progredirá corajosamente, pois o Pai Celestial segura o Cetro firme em Sua mão.

Passar-se-á ainda um tempo considerável, até ser nomeado o novo pastor supremo. Até o momento, não é possível para o Pai Celestial construir uma nova igreja

Meu Filho precisa de sacerdotes que testemunhem e vivam uma vida santa, celebrem a Santa Missa no altar como Banquete Sacrificial e anuncie esta verdade em plenitude, se conveniente ou não. Estes sacerdotes tornarão corajosos e não serão afetados pelo medo. Eles irão ajoelhar diante de Meu Filho em humildade. Ele encontrarão conhecimento seguro em Seu amor. Eles prestarão obediencia somente a Ele. Eles fortalecerão através de suas perseguições. Eles aparecerão como uma rocha na zona de rebentação. Reconhece-los-ão, pois tudo o que era até o momento, assim não será mais. Estes sacerdotes necessito Eu e eles se reunirão nos quatros cantos da terra. O Meu Filho anseia por estes sacerdotes.

Porque, Meus amados sacerdotes, ainda não acordais? Os mensageiros que o Meu Filho enviou, encontram-se em humildade e anunciam Minha palavra. Eles não olham amedontrados para os outros que os perseguem.

O mal adentrou e puxa cada vez mais para sua correnteza, os sacerdotes que vivem na incredulidade. Eles não obedecem ao Meu Filho, mas estão arruinados aos poderes satánicos. Eles não obedem ao Pai Celestial na Trindade. Todavia, o Pai Celestial intervirá quando ninguem estiver esperando.

O Santo Sacrifício da Missa será difundido em todo o mundo e os fiéis fluirão para a nova igreja. Eu, como Mãe da Igreja, aparecerei visivelmente e as pessoas não podem imaginar isto. Os incrédulos não poderão explicar a nova situação. Em admiração eles cairão e honrarão Meu Filho na Trindade. O tempo curará todas as feridas.

Eu, como Mãe da igreja, digo aos Meus sacerdotes: Convertei-vos, pois vós estais no caminho errado. Ainda é tempo, pois a intervenção do Pai Celestial está já à porta. Só mais um pouquinho e então acontecerá o que a humanidade nunca viu e nunca pôde imaginar. O último combate já começou há tempos e ele caminha para o fim.

Vós, Meus filhos Marianos, estais no lado verdadeiro e correto. Não vos deixeis dissuadir, pois vós combateis comigo, vossa amorosíssima Mãe que nunca vos deixa sozinhos. Nós resistiremos no combate com sucesso, pois Eu estou orgulhosa de Meus filhos Marianos que se consagraram a Mim. Vós estais protegidos em toda a situação. Porque tendes medo? Avançai corajosamente, pois isto é o difícil e verdadeiro caminho, o caminho para a montanha do Golgotha. Meu Filho Jesus Cristo lhes precederam. Demonstrai a Ele que O amais de fato, através de vosso amor recíproco, através de vossa perserverança e vossa confiança.

Eu amo-vos e abençoo-vos na Trindade com todos os Anjos, especialmente com o Santo Miguel Arcanjo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vós estais protegidos. Vivei o amor e desprezai o mal.