5 Março 2017 – Primeiro Domingo da Quaresma.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

Nota: Neste dia, Anne encontrava-se no hospital em Göttingen, em razão de uma operação de hérnia de disco a qual foi submetida por vontade do Pai Celestial. Ela recebeu alta médica dia 8.03.2017.

5 Março 2017 – Primeiro Domingo da Quaresma. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., através de Seu solícito, humilde e obediente instrumento e filha Anne.

Anne: Hoje celebramos o primeiro domingo da quaresma com uma verdadeira e devota Santa Missa. Não se encontravam nenhum arranjo de flores em torno do altar hoje, porém o altar da Mãe de Deus estava abundantemente provido com arranjos de flores.

O Pai Celestial fala: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filhaAnne, que se encontra totalmente em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Hoje celebramos o primeiro domingo da quaresma. Esta missa foi celebrada pelo Meu sacerdote em Göttingen em total agradecimento e devoção. Os Anjos entravam e saiam. Eles se reuniam em torno do altar do Sacrifício e também em torno do altar da Mãe de Deus.

Meus amados filhos, Meu pequeno rebanho amado, Meus seguidores e peregrinos de perto e de longe, Eu falo hoje à vós, através de Meu solícito instrumento que se encontra no hospital em Göttingen, porque isto está em Minha vontade. Vós, Meus filhos, não podeis conduzir e nem sondar este último tempo. Você, Minha pequena, perguntou com frequência: “Pai, é de fato Sua vontade que eu tenha que suportar dores insuportáveis?” – Minha pequena, isto se trata da missão mundial e disso também trata as dores pelo mundo. Eu te conduzo até ao limite do desmaio e te ajudo a resistir neste tempo.

Anne: Sim, Pai Celestial, se esta é Tua vontade, então eu quero abandonar-me totalmente à ela.

O Pai Celestial fala: Todavia, você quase não pôde acreditar que isto era a Minha vontade, porque suas dores foram insuportáveis. Sim, Minha pequena, hoje Eu posso dizer-lhe isto. Foi Minha vontade, pois isto se trata da missão mundial. Você não pode explicar a si mesma, que o Seu Pai Celestial iria exigir algo assim de você nestes últimos dias, antes dos dois incidentes da hérnia de disco, o qual teve que ser removida cirurgicamente, pois isto estava planejado segundo a Minha vontade. Você, Minha pequena, não pode sondar e também explicar a você mesma, o que o Pai Celestial exige de você. Todavia, você disse: “Sim, Pai Celestial, caso isto corresponda à Vossa vontade, então eu quero sofrer isto.”. E seu sofrimento foi grande e inimaginável para você.

Minha pequena amada, sofrimento para você significa amor. Sofrer por amor significa, na verdade, fé. Caso vossa fé não é suficiente profunda, então não podeis resistir neste último tempo e não podeis escalar os últimos degraus da montanha do calvário. Isto não significa que podeis sondar Minha vontade. Neste último tempo, vossos sofrimentos serão profundos como o mar, pois vós subis a montanha do calvário até ao cimo da montanha do Gólgota. Isto são os últimos degraus, Meus amados e estes degraus são insondavelmente difíceis.Se Eu não vos tivesse enviado o amor da Mãe de Deus como ajuda, não poderíeis padecer neste tempo, porque vós sereis agregados ao Meu sofrimento da cruz. Podeis vós imaginar como isto poderia ser? Eu, o grande Deus Trino e vós, Meus filhos.

Eu, Jesus Cristo, o Salvador de todo o mundo na Trindade. Eu quero salvar todas as pessoas e vós quereis sondar isto? Todavia, vós acreditais e vossa fé cresceu no tempo do sofrimento. Se vós não tivésseis esta fé profunda, não poderíeis suportar este último tempo, mesmo para você, Minha pequena, este sofrimento, que você ainda tem que padecer neste hospital, não seria suportável.

Por esta razão, Eu, neste primeiro domingo da quaresma, falo hoje à vós do hospital e não da igreja-casa em Göttingen.

O grande tempo da Graça irrompeu-se. Tempo da Graça significa tempo de jejum. Vós recebereis grandes Graças especiais neste tempo de Jejum. Isto são dádivas.

Meus amados filhos, por amor tendes padecido tudo e agora isto caminha para o fim. Por isto Eu exijo o máximo de vós. O máximo significa amor, amor, amor.

Amai-Me intimamente, pois vós sabeis que sois Meus amados filhos os quais Eu cativei inefavelmente, no Meu amor cativo.

Assim, sede valentes e continuem a subir os degraus da montanha do calvário e não permaneceis parados. Avançai!

Minha pequena filha Katharina deve acreditar profundamente e intimamente, fazer tudo por amor a Mim, aprender a suportar estes sofrimentos em torno de Meu desígnio de amor. Ela deveria doar-se e confiar totalmente em Mim. Isto o que Eu disse, corresponde plenamente à verdade. Eu nunca retiro algo (que disse). Eu nunca disse uma inverdade. Tudo o que sai de Minha boca e o que vós recebeis, corresponde plenamente à verdade, mesmo quando você não pode sondar. Você não pode pensar em estar certa do que isto significa para você.

Isto corresponde ao Meu amor. Por isto, amai-Me profundamente e intimamente. Isto Eu espero de você, para que a missão mundial possa ser cumprida plenamente. Vós estais somente na missão mundial e ninguém mais. Sofrei por todo o mundo, isto é o Meu mais ardente desejo.

E assim, abençoo Eu hoje a vós, com todos os Anjos e Santos e com vossa amorosíssima Mãe e Rainha do mundo na Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Sois amados na eternidade na Trindade. Amém.