31 Julho 2016 – Décimo Primeiro Domingo Depois de Pentencostes.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

31 Julho 2016 – Décimo primeiro domingo depois de Pentencostes. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., através de Seu obediente, solícito e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. O altar do Sacrifício e o altar da Mãe de Deus estavam de novo abundantemente adornados com velas e flores. Os Anjos entravam e saiam durante o Santo Sacrifício da Missa. Nós fomos abençoados pela Mãe de Deus e também pelo Menino Jesus. O Pai Celestial sobre o altar do Sacrifício nos olhava amorosamente e afetuosamente durante o Santo Sacrifício da Missa.

O Pai Celestial falará hoje: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra em Minha vontade e repete somente palavras que hoje vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores, amados fiéis e peregrinos de perto e de longe e amados filhos do Pai e filhos Marianos, Eu vos reuni a todos neste Santo altar do Sacrifício, pois ai fluem os maiores fluxos de Graças. Eu deixei este amor fluir para dentro de vossos corações para que vós continueis a receber força para o dia a dia. Como sabeis, muita  coisa virá sobre vós. Coisa que ainda não imaginais. Eu, o Pai Celestial, sei em antemão tudo o que acontece convosco. Vós estais protegidos, Meus amados, duplamente protegidos, pois vossa amorosíssima Mãe de Deus estenderá a Sua proteção sobre vós e o Santo Arcanjo Miguel estará junto de vós, caso necessitais de proteção.

Vós, Meus amados, estais hoje unidos neste dia para receber um fluxo de Graça especial. A vossa vontade é que gostaríeis de receber dignamente a Santa Comunhão neste dia. Muitas pessoas hoje não estão dispostas e dignas para receber este Santo Sacramento. Elas serão molestadas pelo mal que introduz o falso a elas, dizendo que elas podem receber este sacramento mesmo em pecado grave.

Vós não podeis confessar vossa fé publicamente, pois não podeis transmitir a verdade, porque o mundo não quer ouvi-la. O Santo Sacrifício da Missa, os 7 Sacramentos e os Dez Mandamentos são as diretrizes para vós por toda a vida. Vós deveis ter alegria na fé, alegria um ao lado do outro. Vós comunicais esta alegria, pois conversais de bom grado sobre a fé. A verdade se une com vossos corações. O amor vos une. Isto Eu vos digo sempre. Este amor é o amor Divino que vos une. Como sabeis, ele é relevante não somente para hoje, mas para toda a vossa vida.

Vós continuareis a ser perseguidos, Meus amados. Como sabeis, isto é a verdadeira fé. Se isto não fosse assim então deveríeis vos perguntar: “Eu ainda estou na verdade?”. Suportai tudo o que vier sobre vós na paciência e no amor. Suportai também a doença, a tribulação e as necessidades. Vós, Meus amados escolhidos, tem que suportar muito sofrimento. Como sabeis, vosso Pai Celestial está sempre ao vosso lado. Ele sabe de vossas necessidades.

Ele vos fortalece. Sem o Seu amor, o qual sempre experimentais, não podeis suportar as dificuldades, pois somente o Seu amor vos fortalece. Vós estais unidos no amor. Apesar de que Eu sempre repito, (digo outra vez) o amor é sim relevante. A doença também pode vos unir, pois vós podeis consolar-vos um ao outro. Uma hora um precisa de consolo, outra hora o outro. Nem sempre vós sereis afetados com as mesmas dificuldades. Às vezes são as doenças que vos oprimis e querem trazer-vos preocupações. O Pai Celestial está sim ao vosso lado e sabe de tudo. Vinde a Mim e Eu vos abençoo e fortaleço de novo.

Pelo fato de portardes amor em vós, as pessoas se perguntam como vós suportais o sofrimento. Elas olham para vós, Meus amados. Elas sentem que em vós há algo especial que não é para se explicar. Elas serão fortalecidas através de vós e elas sentem isto tão somente quando elas cultivam o contato convosco.

Vós pensais que ireis sucumbir diante dos vossos problemas. Não, Meus amados. Quando pensais também que vossa força está completamente no fim então a força Divina será eficaz, a força Divina que vos apoia. Como sabeis, vós sois especialmente amados nesta força. Ela será eficaz em vós e, os outros percebem isto.

Meus amados, porque vós perguntais frequentemente: “Onde está o Pai Celestial? Quando Ele intervém definitivamente? Ele não ve o mundo? Ele não vê a igreja destruída? Ele não pode intervir? Ele é mesmo, sim, o Todo Poderoso e tem o poder.“ Sim, Meus amados, vós estais a pouco da intervenção. Somente Eu sei o prazo exato para esta breve intervenção. Vai aparecer ainda muitos prenúncios no firmamento e muitos eventos que vós não podeis explicar, virão sobre vós. Querer-se-á explicar estes eventos no critério humano, mas isto não é explicável. O que acontece no sobrenatural depende (somente) da fé. Quando vós acreditais, Meus amados, então nada passará a vós. Vós recebereis conhecimento entre bom e mau e o mau espírito tem inevitavelmente que ir embora.

O Santo Arcanjo Miguel afastará sempre o mau de vós. Mesmo durante este Santo Sacrifício da Missa Ele movimentou a Sua espada em todos os quatro pontos cardeais.

É inexplicável para vós o que acontece hoje na igreja. Ela está completamente destruída. Está no fim. Vosso Pai Celestial sabe de tudo, pois Eu olho sim todo o mundo. Eu somente estabeleço o tempo da intervenção futura.

Eu vou continuar a acompanhar-vos no amor paternal, vos proteger e vos tomar nos braços, especialmente quando o sofrimento vos parecer demasiado grave. Sofrimento e alegria se encontram intimamente um ao lado do outro, pois eles pertencem à vida diária.

Se vós experimentásseis somente o bom então o vosso próximo não poderia vos compreender. O outro gostaria de ser compreendido e amado. Sede consolo para com ele em seu sofrimento. Dai a ele vosso amor e vossa a compreensão, pois este amor vem de Mim. Este amor não é para compreender ou sondar com o humano. Todavia ele está ai. Acreditai nisso e manteis firmes na fidelidade.

O Santo Banquete Sacrificial que vós celebrais diariamente, vos fortalece de maneira muito especial. Vós percebereis isto ao longo do dia, quando as dificuldades se amontoam e estais completamente perdidos. Neste momento os fluxos de Graça serão eficazes em vós.

Graça sobre Graça significa um Santo Sacrifício da Missa. Ela é o maior que cada um de vós podeis receber. O Pai Celestial sabe de tudo, de tudo o que vós pedis. A vós será dado. Pedi e recebereis. Somente o bom vem do céu. O mal deve ser mantido distante de vós. Isto não significa que o mal não irá vos molestar. Somente vós deveis resistirà ele. Quando vindes ao seu encontro com a força Dvina, então ele não é capaz de fazer dano algum a vós. Tomai sempre a força Divina e nada irá vos acontecer.

Frequentemente vós não percebeis o mal e frequentemente não percebeis também Minha proximidade. Vós pensais que Eu estaria longe de vós. Porém Eu sobrevejo tudo. Eu vejo vossa cara de preocupação e penso vossas necessidades e carrego convosco a vossa cruz. Sede solícitos no “SIM PAI”.

 “Também este sofrimento que Tu me destes, eu quero suportá-lo na paciência. Isto foi correto e bem concebido por Ti, Pai Celestial. Somente eu é que não posso compreender isto com frequência. Com frequêcia, eu não sei o que falta a mim, mas Tu sabes isto precisamente. Tu sabes o que se passa na minha alma. Tu conheces também meus anseios e os considera. No Santíssimo Sacramento do altar, o qual nós adoramos diariamente, Tu nos olha e nós olhamos para Ti. Nós podemos recebê-Lo diariamente na Divindade e Humanidade na comunhão. Nós não podemos entender Este grande mistério. Muitíssimo grande é este mistério e, contudo, nós podemos Te receber. Tu vens para dentro de nosso coração e nos fortalece, pois Tu queres morar em nós, porque Tu anseia por cada um de nós que Te recebe em devoção.”

Eu gostaria de estar perto de cada pessoa que Me acolhe e Eu irei fortalecê-lo. Eu sempre quero estar junto de vós. Isto é o Meu grande anseio por vós, pois Eu mesmo sou o amor. Este amor é Divino e nunca é de se comparar com o amor humano.

De forma alguma, Eu nunca irei vos abandonar, apesar de vós às vezes pensardes: “Onde está o amorosíssimo Jesus? Ele ainda está junto de mim?” Então Eu vos digo sim, pois vós, Meus amados, soi sim Meus escolhidos. Poderia Eu vos esquecer e abandonar sequer em um minuto? Não. Por isso é que o Meu amor Divino é grandessíssimo. O anseio por todos os Meus escolhidos está aí e este anseio aumenta, principalmente pelos Meus sacerdotes escolhidos. Eu gostaria de repetir continuamente que este anseio cresce diariamente e certamente não diminui.

Amados sacerdotes, refleti que Eu vos amo. Convertei e celebrai este Santo Banquete Sacrificial no Rito Tridentino Pio V., na plena verdade e consagrai-vos ao Coração Imaculado da vossa amorosíssima Mãe. Assim estais protegidos para o tempo vindouro. Assim nada pode se passar a vós.

Eu abençoo-vos hoje com todos os Anjos e Santos, especialmente com vossa amorosíssima Mãe e Rainha da Vitória, com a Rosa Rainha de Heroldsbach na Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vós todos sois Meus amados. Vinde ao Meu Banquete Sacrificial. Eu espero por vós.