28 Dezembro 2015 – Festa dos Santos Inocentes.

28 Dezembro 2015 – Festa dos Santos Inocentes.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

28 Dezembro 2015 – Festa dos Santos Inocentes. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina segundo Pio V., na igreja-casa em Göttingen, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Nós celebramos hoje a festa dos Santos Inocentes. Durante a Santa Missa Eu vi muitas pequenas alminhas e Anjos que as acompanhavam. Elas vinham sobre a casa e formavam um circulo em torno dela. Elas acenaram para nós. Elas tinham uma face alegre.

O Pai Celestial falará: Eu, o Pai Celestial, falarei agora e neste momento através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Sim, Meus amados filhos de perto e de longe, especialmente Meu pequeno rebanho amado e seguidores, vossa Mãe Celestial não é capaz de trazer-vos hoje esta mensagem, porque Seus olhos estão repletos de lágrimas. Naquele tempo foram mortos estes Santos Inocentes em Belém. Eles eram Mártires para o Filho de Deus, Jesus Cristo. Meus amados filhos, como parecem as coisas hoje? Matam-se bestialmente no ceio materno estas pequenas alminhas que Eu, o Pai Celestial, predestinei em um especial plano de amor. Os médicos estão dispostos a matarem estas crianças, pois suas consciências não se limitam mais. Quão muito tem que padecer estes pequeninos que Eu, o Pai Celestial, tinha predestinado, antes delas experimentarem uma morte amarga. Ninguém cuida delas. Antes de elas morrerem elas não são consultadas para saber se estão de acordo ou não. Elas não têm possibilidade alguma de rejeitar ou dizer: “Eu quero viver”. Elas devem aceitar a morte com um pequeno martírio.

"Naquele tempo foram mortos estes Santos Inocentes em Belém. Eles eram Mártires para o Filho de Deus, Jesus Cristo"

“Naquele tempo foram mortos estes Santos Inocentes em Belém. Eles eram Mártires para o Filho de Deus, Jesus Cristo”

Por isso, Eu agradeço-vos Meus amados filhos, por rezares o Rosário pelos Santos Inocentes. Lamentavelmente, por motivos de doença, não é possível ides para a clínica de aborto e fazer esta vigília a cada três quartas-feiras para rezar pelos não-nascidos. Mas vós estais dispostos a recordar e a rezar em memória destas alminhas a cada três quartas-feiras.

Quão triste é isto para a Minha Mãe Celestial, que também hoje tem que vivenciar como estas pobres mães estavam dispostas a deixar matar suas crianças, lamentável. Com frequência, elas não são de forma alguma acompanhadas. Elas têm pessoas que as desprezam e sacerdotes que, sequer, querem ouvi-las em suas necessidades. Há mães, às quais é causado tão grande sofrimento, que elas não têm outra possibilidade a não ser deixar matar seu próprio filho. Depois todas elas, Minhas amadas filhas, tornam gravemente doentes – na alma e também no corpo. Por isso rezai por elas, para que elas possam vir até Mim, o Pai Celestial, pois Eu as trarei para a Mãe Celestial. Ela vos compreende no melhor, pois Ela sofre por cada criança prematura que foi morta. Ela gostaria de estar ao lado destas Mães em suas grandes necessidades, pois elas têm a possibilidade de ir ao sacramento da penitência e se arrependerem de tudo do fundo do coração e começar uma vida nova.

Estas pequenas alminhas, Minha pequena amada, você as viu subir e elas estão no céu. Vós podeis chamá-las, Minhas mães amadas, para que vós possais lidar com o assassinato que deixastes cometer com seus próprios filhos.

E como esta a fé islâmica hoje? Aí também se mata os próprios filhos e os assassinam. Porque? Porque eles querem aceitar esta única verdadeira fé (católica). Se eles entrarem em contato com um cristão e este não professar a fé islâmica, então eles serão assassinados bestialmente pelos seus próprios pais.

Meus amados, não se pode reconhecer que esta fé islâmica só pode ser demoníaca? Quanta oração é ainda necessária para que esta fé demoníaca seja rejeitada, para que se combata politicamente contra ela no mundo, para que não se conduza estas pessoas ao engano e tenham que ser precipitadas na eterna depravação? É amargo para vossa Mãe Celestial ter de ver como elas se apresentam desamparadas e ninguém mais possa ajudá-las. Ela é definitivamente a Mãe de toda a igreja, a Mãe de todas as pessoas. Ela pode ser chamada por qualquer pessoa e em qualquer situação. E ela está pronta a ajudar urgentemente. Chame-A, pois vós tendes a maior arma em vossa mão: O Rosário! Rezai-o constantemente para aqueles que não estão arrependidos e para aqueles que ainda pertencem a falsa e demoníaca fé.

Eu amo-vos de todo o coração e abençoo-vos agora na Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Anne: Louvado seja Jesus Cristo na eternidade. Amém.