26 Maio 2016 – Festa Solene do Santíssimo Corpo de Deus.

26 Maio 2016 – Festa Solene do Santíssimo Corpo de Deus. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício Tridentino na igreja-casa em Göttingen, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje celebramos a festa do Santíssimo Corpo de Deus em toda a reverência, através do Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino segundo Pio V. Quão grande honra hoje neste dia especial de festa. O altar do sacrifício e o altar da Mãe de Deus estavam adornados abundantemente com flores e velas, especialmente circundados com muitos Anjos. Os Anjos entravam e saiam durante o Santo Sacrifício da Missa. Também pude ouvir vários coros dos Anjos  durante a Santa Transubstanciação.

O Pai Celestial falará hoje: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra totalmente na Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos de perto e de longe e também vós fiéis, que acreditam em Mim e nas mensagens, Eu vos agradeço a todos por esta honra, pois vós demonstrais a Mim consolo e amor. Eu vos amo muitíssimo, pois Minha igreja católica e apostólica, a qual estabeleceu Meu Filho no Santo Sacramento da Santa Eucaristia, está completamente destruída. Todavia as portas do inferno não prevalecerão sobre ela, mesmo se não vedes mais nada nela que podeis fixar-vos, caso sois católicos. Vós permaneceis católicos se confiais em Mim, se acreditais em Mim, se tomais Minhas mensagens em mãos e abris este sétimo livro, o sétimo selo. Aí estão Minhas verdades em plena forma. O Apocalipse, Meus amados, vem agora para se concretizar. Vós acreditais e confiais, apesar de que não vedes mais nada disponível do que era antes. Celebrais o Santo Banquete Tridentino conforme está no DVD, o qual Eu vos enviei. Daí tendes um dígno Santo Banquete solene.

Vós, Meus amados, estais protegidos de qualquer forma. Vós difundireis a fé – nomeadamente a verdadeira fé – mesmo se vós não falais, mesmo se não testemunhardes em alta voz. Vós dareis testemunha quando acreditais e perseverais neste duríssimo e dificílimo tempo

Você, Minha pequena, está sobrecarregada por muito tempo com sua missão mundial. Eu não te profetizei que Eu te protegerei, que Eu te fortalecerei de qualquer forma, que você não trabalha com a sua força, mas com a Minha força? Sua (própria) força está reduzida até ao desmaio, contudo você continuará a trabalhar e progredir. O cume da montanha do Gólgotha ainda não foi alcançado. Você, Minha pequena, não pode entender que agora Eu tenho exigir o mais duro de vosso pequeno rebanho. E isto é amargo para Mim, pois quão poucos fiéis seguem este caminho comigo. Eles evitam a cruz. Eles evitam a aceitação da cruz. Todos os que acreditam e confiam em Mim, receberão suas cruzes.

As coisas não serão diferentes se eles a rejeitam. Porém como eles as suportam, isto é de importância. Vós sereis fortalecidos. Mesmo no pior sofrimento sois fortes. Vós não percebeis isto porque a dúvida também vos ameaça. Vós seguis adiante e nunca dão um passo atrás. Vivei o momento. Eu vos disse frequentemente, que não é fácil não olhar para trás e também olhar para frente. Somente Eu, o Pai Celestial na Trindade, tenho a projeção completa. Somente Eu posso vos conduzir e guiar em qualquer situação. Iríeis cair e não mais poder levantar (se o Pai Celestial não conduzisse tudo).

Todavia seguis adiante com a Minha força. Não desistais! Tudo irá vos parecer difícil, todavia na força divina tudo se pode administrar. Vosso Pai Celestial vos guarda e vos observa. Mesmo nos tempos dificílimos Eu, o Pai Celestial, estou junto de vós, vos abraço e agradeço por vossa perseverança. Nada será estranho para vós neste tempo, pois Meu Filho Jesus Cristo, estabeleceu este Santo Sacramento da Santa Eucaristia. Quanto júbilo estava hoje em vós com o Te Deum. Acreditai que esta íntima alegria pode também vos fortalecer. Obrigado por este grande legado de Meu Filho.

Teum Deum Cantado

Ele vos deixou este testamento para estar convosco – sempre. A qualquer momento podeis receber dignamente Meu Filho Jesus Cristo na comunhao. Mas aqueles que comungam este Pão indignamente ameaça o tribunal. Meus amados, há hoje muitos que comungam este Pão indignamente. Qual lei se combinou hoje na igreja para permitir que todos recebam esta Santa Comunhão? Os divorciados recasado podem hoje receber também o Pão de Meu Filho. Eles cometem com isso um dos pecados mais graves.

Todavia eles não sabem disso, pois os ensinam a fazer isto. Confundem-os, mostram-nos que isto não é pecado algum. Hoje não há mais pecado grave algum. Os 10 mandamentos se coloca ao lado. Não há mais a Santa Missa em digna forma. Há uma missa do povo. Isto não é Santa Missa alguma possível, pois Meu Filho Jesus Cristo não pode transubstanciar-se. – Maldade sobre maldade. O mal está no tabernáculo. Não pode ser outra coisa, Meus amados. Isto é uma desonra em altíssimo grau, um sacrilégio. Porque não se olha em Minhas mensagens que Eu vos dou a todos, para vos tirar desta confusão, para não vos deixar cair no eterno abismo?

Meus amados sacerdotes, onde estais vós? Onde permanecei vós? Ainda não tendes vergonha do que fazeis? Acreditais que podeis fazer o que quereis com esta Santa Missa, com esta veracidade de Meu Filho? Ele não foi para a cruz por causa de vós? Ele não vos deixou este testamento? Este tão grande e especial sacramento da Santa Eucaristia? E todavia acreditais que podeis continuar a realizar esta desonra? Não, Meus amados sacerdotes. Eu tenho que intervir, lamentavelmente. Contudo muito diferente do que esperais. Eu sou o grande, poderoso Deus Trino. Eu sou o Pai no céu e na Trindade e cumprirei Meu plano quando porém, vós não o esperais.

Estai preparados para este tempo e estai na Graça Santificante. Ide ao Santo Sacramento da Penitência e confessai vosso pecados com toda a humildade, pois em vós, Meus amados sacerdotes, falta esta humildade. Vós estais no orgulho e acreditais que podeis fazer tudo como desejais e da maneira que imaginais. Mas isto não é assim. O Meu Filho Jesus Cristo estabeleceu este Santo Sacramento e hoje celebrais esta festa.

Em quantos lugares presenciais hoje esta procissão do Santíssimo Corpo de Deus? Vós, Meus pequenos, lamentavelmente não podeis frequentar esta procissão e Eu também não iria tolerar isto, pois neste Sacramento, nesta missa do povo, Eu serei sim desonrado. Eu ainda espero por esta dignidade.

Vós, Meus sacerdotes, quando pensais em celebrar dignamente o Santo Banquete no Rito Tridentino segundo Pio V.? Quando, Meus amados? Vós deveis arrepender, arrepender profundamente, pois tudo terá que ser expiado. Deveis que fazer um arrependimento profundo, senão Eu não posso vos salvar, apesar de Eu, o Pai Celestial, querer e desejar isto. Meu Filho também morreu por vós – Ele morreu precisamente por cada um de vós sacerdotes. Ele foi para a cruz. E o que fazeis com ele? Vós O pregais de novo na cruz e O desprezais, O ridicularizais de toda a maneira. Vós desprezais Meus mensageiros, os quais Eu enviei esta tarefa para vos salvar.

Meu pequeno rebanho amado, perseverai neste tempo dificílimo, pois Eu amo-vos indizivelmente e abençoo-vos agora e em toda a honra e agradeciemnto com todos os Anjos, especialmente com vossa amorosíssima Mãe Celestial e Rainha da Vitória, o Deus Trino, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Vivei e amais e permanecei fiéis a Mim em qualquer situação. Amém.