26 Dezembro 2017 – Terça-Feira. Segundo dia da festa de Natal.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

26 Dezembro 2017 – Terça-Feira. Segundo dia da festa de Natal. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V. através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo Amém.

Hoje, no Segundo dia da festa do Natal, 26 dezembro 2017, celebramos um devoto Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, Segundo Pio V, em dimensão festiva.

O arranjo de flores estava abundante, assim como ontém. Os cálices das Amaryllis junto ao altar do Sacrifício inclinavam-se em direção ao Tabernáculo e os junto ao altar da Virgem Maria inclinavam para o Menino Jesus e para a Mãe de Deus, durante o Santo Sacrifício da Missa. As Amaryllis estavam já cheias de flores, porque elas tinham abertas para a alegria da festa do Natal.

Hoje, no Segundo dia da festa do Natal, celebramos a festa do Santo Estévão Mártir, que tem seu dia estabelecido logo após o primeiro dia da festa de Natal. Os Anjos entravam, saiam, pairavam sobre o altar da Mãe de Deus e seguravam em Suas mãos a faixa com o escrito: “Gloria in Excelsis Deo”. Hoje, cantaram adicionalmente os nove coros de Anjos. Ontém, Eles cantaram suavemente para não despertar o Menino Jesus. Hoje, cantaram nitidamente mais alto em vários tons e em cantos festivos.

O Pai Celestial falará também hoje, no segundo dia da festa do Natal: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento, através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra totalmente em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos de perto e de longe. Hoje, no Segundo dia da festa do Natal, Eu irei dar-vos novamente algumas instruções especiais para vosso caminho de vida. Estas estas instruções são de importância para o difícil tempo vindouro.

Assim, como o Santo Estevão teve que perseverar o sofrimento de seu apedrejamento, logo após o primeiro dia após o dia de Natal, vivenciareis também, Meus amados, vossas dificuldades um dia após a alegre mensagem do primeiro dia de Natal, pois a doença de Minha filha Katharina progride, como pudestes constatar.

É o Meu desejo que ela seja acompanhada por vós, Meus amados, em seu último caminho. Não tenhais medo por isso, pois Eu vos conduzirei e manterei todo o mal distante de vós. Ireis perceber que Eu, o Pai Celestial, guiarei e conduzirei tudo. Porém, vós mesmos deveis ser ativos. Eu desejo isto de vós.

Vós recebestes no dia de ontem e também no de hoje muitas Graças, através dos raios de Graça do Menino Jesus na Cripta. Este presente dar-vos-á muita força. A força, a qual age em vós, é a força Divina. Não vos preocupeis com os muitos acontecimentos. Tudo sera gerido através de milagrosas providências. Vós não ireis ficar sobrecarregados.

Eu, o Pai Celestial e vossa Mãe Celestial, iremos guiar-vos e conduzir-vos, como até agora. Contudo, vós não ireis também passar os próximos dias sem sofrimentos. O sofrimento, Meus amados, fortalece-vos e vos faz mais seguros. Vós não podeis pensar que vosso sofrimento torna-vos mais fracos, mas sim que ele ainda pode oferecer adicionalmente uma segurança. Assim, é que será de fato. No sofrimento reconhecereceis o Meu amor.

Não tem o Meu Filho carregado a mais pesada cruz por vós? Ele não teve que vivenciar tudo para ser crucificado por vós todos, para vos salvar? Assim, deveis vós também, Meus amados, aceitar a vossa cruz, como fez hoje o Santo Martir Estévão.

Meus amados, o judeus daquele tempo ja não reconheciam os Meus profetas. Pelo contrário, eles mataram estes entre o altar e o templo.

Iriam também hoje matar-vos, caso Eu não mantivesse a mão sobre vós. Todavia, ireis ser perseguidos.

Rezai por estes inimigos, vossos perseguidores e não tenhais contato algum com eles, pois o mal irá mentir e vos defraudar. Frequentemente não ireis sequer perceber quando ele (o mal) aplica a sua astúcia. Estai portanto atentos. A astúcia do mal é tão violenta que ele distorce tudo e vós não reconheceis a verdade. Somente através da Minha Providência Divina podeis cumprir Meus desejos. Não ficai temerosos, mas crentes. Quando confiais e creais, nada irá passar-se, pois estais sob a custódia Divina.

Olhai sempre para o Santo Estévão, como ele pode suportar tudo somente com a sua fé profunda. Ele rezou pelos seus inimigos com as palavras: “Senhor Jesus aceitai a Minha alma” e para seus inimigos ele implorou: “Senhor, não impute este pecado a eles”. Ele foi apedrejado por (causa da) sua fé por seus muitos inimigos envolta.

Também vós sois profetas e vossos inimigos estão em volta. Eles vos odeiam, porque viveis a verdade e a testemunhais. Vós “gritais” esta verdade ao mundo. Não há hoje quase pessoas que querem testemunhar a Minha verdade, pois elas não querem assumir perseguições a si mesmas.

Porém, Eu vos digo. Segui-Me e tomai a vossa cruz sobre vós, pois isto serve para vossa salvação já aqui na terra. Amai-Me em vossa cruz, pois Eu vos indico o verdadeiro caminho e Me enviai o agradecimento de vossas cruzes.

Eu vos abençoo no segundo dia do Natal no amor, agradecimento e na fidelidade com todos os Anjos e Santo, especialmente com o amado Menino Jesus na Cripta e vossa Mãe Celestial e Rainha, na Trindade, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Segui-Me e rezai por vossos inimigos, pois eles não sabem o que fazem, amém.