24. Junho 2015 – Festa do nascimento de João Batista. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

24. Junho 2015 – Festa do nascimento de João Batista. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V. na capela-casa da casa da Glória, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje celebramos a festa de João Batista. O altar do Sacrifício, assim como o altar da Virgem Maria, estavam imersos em luz dourada brilhante. Em ambos os arranjos de flores brilhavam muitos brilhantes. A Mãe de Deus brilhava em ouro cintilante. Seu manto estava ornado em branco-neve e também com brilhantes.

O Pai Celestial falará também hoje: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra plenamente na Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores, amados peregrinos de perto e de longe, Eu gostaria de dar-vos hoje algumas instruções neste dia da festa de São João Batista. Isto foi para vós uma grande festa. Vós pudestes celebrar a Missa do Santo Sacrifício no Rito Tridentino segundo Pio V. com toda a reverência.

Eu, o Pai Celestial, tenho protegido-vos e a amorosa Mãe de Deus estava também convosco. Eu gostaria de agradecer-vos por perseverardes nesta investigação de invasão de propriedade alheia em Wigratzbad. Porque perseverado, Meus pequeno rebanho amado? Porque fostes acusados de invasão de propriedade alheia e mentira. O mal circula, porém, Eu enviei-vos o Espírito Santo. Vossa Mãe Celestial estava junto de vós e colocou todos os anjos ao vosso lado. Vós não tivestes de lidar com medos humano algum, mas vós estisvestes protegidos na força de Deus. O amor estava em vós. Vós não queríeis acusar ninguém. Vós agistes segundo o Meu desejo e a Minha vontade. Sim, a mentira deve ser punida. Assim é que Eu quero.

Não se pode nunca acusar-vos de mentira poque Eu, o Pai Celestial na Trindade, Sou a verdade e a vida e Eu atuo em vós. Jamais se vai poder acursar-vos de uma mentira. Eu gostaria de repetir isto mais um vez. Isto é muito importante, Meus pequenos amados. Vós sereis fortalecidos com cada nova acusação. Jamais enfraquercer-vos-ei. Quanto mais vós Me testemunhais, mais Eu amo-vos.

Sim, este poderoso aroma no final do inquérito foi algo que dei-vos. É para vós confirmares que posicionastes na Minha vontade e nunca utilizastes vossas palavras. Uma força poderosa saia de vós que, vós mesmos, não podíeis produzí-la. Esta força se propagou por todo o presídio. Todos nesta delegacia de polícia puderam sentir esta força. De fato, Meus pequenos amados, eles teriam que se calar, pois Eu entrei aí também no coração deste comissário chefe da polícia. Ele não pôde fazer nada mais, a não ser acreditar em vós, porque Eu era Este, que jamais poderá ser acusado de uma mentira, mesmo quando quiseram tentá-los a isto.

Não se teria conseguido isto, porque Eu, o Omnipotente Deus Trino, sempre Sou o Vencedor, o Vencedor sobre a mentira. O mal é a mentira e vós fostes confrontados com a mentira e com o mal. Queriam derrubar-vos em vossos pareceres e em vossa contra acusação. Eu desejei que vós introduzisses uma nova contra acusação. Isto é o Meu desejo e vontade. E agora tudo segue o seu caminho, Meu pequeno rebanho amado.

Sim, hoje vós celebrastes a festa do São João Batista. E nesta festa, São João pôde vos fortalecer. Ele é o prercursor de Meu Filho Jesus Cristo. Vós celebrastes hoje o seu nascimento na mesa do altar. Quantos fluxos de Graças foram derramados sobre vós e sobre este local Mellatz e Wigratzbad. A Missão de Wigratzbad ainda não terminou, Meus pequenos amados. Isto vai se passar através de vós.

A missão mundial é muito importante porque Eu, o Pai Celestial, permitirei a Minha Mãe e o Meu Filho Jesus Cristo aparecerem neste local, visívelmente no firmamento para todo o mundo. Quanto menos se espera, daí este dia chega. Vosso Pai Celestial fala isto com tristeza. Porque Eu estou tão triste, Meus pequenos amados que Me consola? Porque muitos sacerdotes não querem converter-se, especialmente, este sacerdote em Wigratzbad. Este diretor e seu diácono cometem mentira sobre mentira. Eles não dizem a verdade e não professam pela verdade. Minhas mensagens não devem vir à luz do dia, apesar de poderem ser consultadas mundialmente através da internet. Mundialmente é o poderoso Deus Trino.

Eu continuarei a dirigir tudo. Eu peguei o Cetro firmemente em Minha mão. Aqui em Wigratzbad e na missão mundial. Este assim chamado Papa em Roma está submetido ao mal, aos maçons. Mentira sobre mentira, pecado sobre pecado amontoam-se. A cada dia, Meus pequenos amados, vós reconhecereis isto cada vez mais. Pelo fato de consolares a Mim, Eu amo-vos muito mais, pois através de vós, a verdade virá à luz do dia – totalmente e plenamente. Todas as instruções, Meus amados fiéis de perto e de longe, corresponderão à verdade e vós deveis informá-las neste tempo que virá sobre todos vós.

O grande acontecimento virá! Ele está muito próximo à porta. Ainda Eu gostaria de chamar muitos sacerdotes à verdade para que eles possam se converter e reconhecer que este Santo Banquete Sacrificial seja definitivamente celebrado no Rito Tridentino segundo Pio V. em todo o mundo. Eu anseio por isto, pois isto é o Sacrifício do Meu Filho Jesus Cristo. Vós deveis professá-Lo e testemunhá-Lo. Tudo corresponde à verdade.

O grande acontecimento virá. Ele vai ser instruduzido poderosamente, através de tempestades e trovões tempestuosos. Assustar-se-ão. Muito cairão de medo e suas vidas expirarão, porque elas não poderão suportar Minha presença, a Divindade. Eles verão correr seus próprios pecados, como um filme diante de seus olhos e se assustarão com suas transgressões. Porém, aí já é demasiado tarde.

Meus amados sacerdotes, quão muito anseio Eu por vossos corações. Mas vós dais-Me diariamente, um claro NÃO. Quanta dor causa no Coração do vosso Pai Celestial, pois vós não converteis e não confessais à verdade, apesar de serdes Meus sacerdotes escolhidos.

Eu amo-vos e gostaria de convocar-vos mais uma vez neste último momento. Convertei-vos, voltai, pois ainda há tempo. O amor impulsiona-Me e o anseio por vossos corações não diminui.

Eu abençoo-vos agora na Trindade, com todos os Anjos e Santos, com vossa amorosa Mãe Celestial, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.