20 Setembro 2015 – Décimo Sétimo Domingo Após Pentecostes.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

20 Setembro 2015 – Décimo Sétimo Domingo Após Pentecostes. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina segundo Pio V. através de Seu instrumento e filha Anne, que se encontra no quarto onde está enferma.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O Pai Celestial fala: Vós pudestes celebrar hoje o décimo sétimo domingo depois de Pentecostes com uma Missa do Santo Sacrifício Tridentino, segundo Pio V. Isto foi estabelecido desta maneira por Mim, o Pai Celestial. Você, Minha pequena, não esperava que fosse receber hoje de Mim, seu Pai Celestial, esta mais nova mensagem para aqueles que acreditam.

Eu irei colocar palavras proféticas em sua boca que você mesma não pode explicar. Esta mensagem será, não somente surpreendente para você, mas também a mais pesada mensagem. Isto não será fácil para você.

Você, Minha pequena, deverá tomar para si o sofrimento mais duro, o qual você jamais experimentou. Você tem que resistir ao maior sofrimento, o sofrimento pelo mundo juntamente com o seu pequeno rebanho e seus seguidores. Eu não irei comentar sobre o sínodo dos bispos. Isto não é importante no momento. Importante será para vós todos, Meus pequenos, o sofrimento dela pelo mundo. Se ela não estivesse de acordo em querer continuar a carregar este sofrimento, então Eu não poderia atuar nela através do Meu Filho Jesus Cristo, que agora será crucificado na cruz por quase todos os sacerdotes, pelos bispos e por toda a cúria. Isto é a sua missão mundial.

Sinodo

A imundice tomou a Alemanha e a igreja católica. Meus amados sacerdotes, vós jogastes fora a missão da vossa pátria, a qual Eu vos confiei.  Por isso, Eu devo sofrer em Minha pequena. Por isso ela sofre a maior aridez, abandono e solidão em seu coração, pois ela pensa que Eu, o Pai Celestial, ter-lhe-ia abandonado também . Este abandono experimentou o Meu Filho Jesus Cristo na cruz quando Eu, como Pai, tive que abandoná-Lo

Ele disse: “Meu Pai, porque Tu Me abandonaste?”. E este abandono você experimenta agora em você mesma, através de Meu Filho Jesus Cristo, Minha pequena amada que Eu amo acima de tudo e na qual Eu devo infligir a maior dor. É difícil para Mim vê-la sofrer tanto.

Há 10 semanas você está de cama e não é capaz de participar do Santo Sacrifício da Missa na capela da casa da Glória. Você não é capaz, neste momento, de cuidar de si mesma devido à fratura dupla no braço. Você está totalmente dependente de ajuda estranha, ajuda de seu pequeno rebanho que te apoia e que está junto de você. Suas forças humanas abandonaram-te totalmente. Você se sustenta somente na força de Deus.

O seu Pai Celestial não te abandonou na aridez, como você pensa.Você grita pelo céu, sim, você grita pelo céu dia e noite, pois a solidão é o mais dificíl para você, porém agora você tem que resistir. Isto exige o Pai Celestial de você. Você chora lágrimas dia e noite, a mais dura dor acompanha-te. Esta é a Minha vontade e Meu plano. Esta é a Minha mensagem de hoje direcionada a você, Minha pequena amada. Você não estará entusiasmada com a mensagem, pois ela não te tira desta escuridão, pois a escuridão abraçou a Alemanha.

Refugiados na Alemanha - Fonte: novini.bg

Refugiados na Alemanha – Fonte: novini.bg

A Alemanha falhou na sua missão. Não é isso amargo para o Seu Pai Celestial? A Alemanha falhou a sua missão, Eu digo isto novamente. Isto não é fluxo de refugiados que viajam para a pátria, mas sim islâmicos. Eles matar-se-ão mutuamente. Eles trucidar-se-ão. Isto não é amargo? Isto é uma crença demoníaca que entrou na Alemanha e vós a deixastes entrar, vós nação alemã.

Vós sacerdotes alemães, onde vós estivestes quando era tempo de orar e sacrificar? Minha pequena estava disposta. Ela disse “Sim Pai” em vosso lugar e esperava que vós se sensibilizassem, porque Minha pequena assim expia, porque ela assim sofre. Vós não diminuístes o sofrimento dela, pelo contrário, vós o tornastes pior.

Vós, em Wigratzbad, falhastes na grande missão. Você, o diretor, despejou sobre a Minha pequena o maior dos sofrimentos. Você desprezou-a e o seu assim chamado diácono, estava junto e prestativo a você. O mal penetrou em vós e exerce o seu poder a partir de vós.

Vós ireis reconhecer em breve que Eu sou o Soberano sobre Wigratzbad e não vós. Com um simples toque dos dedos Eu posso atirar-vos fora, no momento que Eu assim o quiser. Eu já elevei há tempos o Meu braço de fúria e o Meu braço de fúria terá efeito nos islâmicos. Um reino se elevará contra outro e um povo contra o outro. O Apocalipse ganha cada vez mais eficácia. Vós precisais somente de acreditar nele. A fé ajudar-vos-á. Se vós começardes a não mais viver a fé, mas falhá-la completamente, então Eu não posso mais proteger-vos. Mas vós, Meus pequenos, acreditais.

Você, Minha pequena profeta, quando pensar que estas completamente abandonada, então você deve considerar que a força humana estava no fim, mas não a força Divina. A força divina tem te mantido. E na força Divina você não falhou. Você diz “Eu sou uma falhada”, não, isto você não é. Pelo contrário você é a Minha pequena amada, que Eu abraço e que Eu perdoo tudo.

Você não pôde fazer absolutamente nada, quando se sente abandonada, repentinamente, pelo Seu Pai Celestial e expressa palavras que você não pôde explicar a você mesma. Este profundo abandono e aridez tomou você no dia de ontem. Quão difícil foi para Mim, o Pai Celestial, deixar-te neste abandono. Eu tive que permitir a dor, embora eu preferisse pegar suas mãos e te tirar daquele abandono. Isto foi estabelecido para você. Isto foi sua cruz a qual você aceitou solicitamente e ainda agora aceita. Você não abandona a Mim, o seu Pai Celestial.

Você nunca Me abandonou. Pelo contrário, pois este sofrimento pelo mundo tornou-se incompreensivelmente demasiado grande para você. A cruz é incompreensivelmente pesada. Mesmo com todo o sofrimento que pertence à cruz, você a aceitou sobre si para o mundo, para aqueles que não acreditam, para aqueles que não Me louvam, não Me bendizem, desprezam-Me e Me negam como este diretor em Wigratzbad.

wigratzbad aerial

Vista aérea do local de peregrinacao em Wigratzbad

Eu quis salvá-lo do mal eterno, da queda eterna no inferno. Eu ainda gostaria de salvá-lo, pois Eu não desejo que alguém se precipite no abismo eterno. Porém o mal entrou ai, onde rege o ódio e a discórdia. Onde este assim chamado diácono estava disposto a colocar a mentira em primeiro lugar. Vós (pequeno rebanho) fostes conduzidos por Mim, o Pai Celestial, e vós dissestes a verdade. Porém, esta verdade foi vista pelo ministério público como mentira. Agora vós devereis pagar por esta mentira. Vós sereis perseguidos ao mais alto grau e, isto, é o Meu plano, pois o Meu Filho Jesus Cristo teve que vivenciar em vós a maior dor e perseguição e continuará também a viver isto. Mas a vitória será totalmente diferente do que o outro lado espera. A vitória pertencerá à Minha Mãe Celestial. Ela será a Rainha Vencedora e Eu o Rei em vossos corações. Vós conquistareis a coroa eterna. Não é isto o maior que vós podeis esperar?

Vossa Mãe Celestial estava sempre junto de vós. Os Anjos ajudar-vos-ão nos últimos e mais dificeis sofrimentos que Eu espero de vós. Eu estou no consolo e no abandono, Minha pequena. Você não perceberá isto. Você se desesperará frequentemente e, até mesmo duvidará. Porém, isto não é normal? Você vê a força humana e não a Divina. A força divina vencerá e não a força humana. Você perderá a força humana. E nesta força humana você expressará palavras que você mesmo não entende. Porém, você continuará a ser a Minha pequena profeta que fala palavras que serão proféticas e inovadoras para todo o mundo. Acreditai que Eu, o Pai Celestial, dirijo-te e conduzo-te e devo usá-la, lamentavelmente, como bola de brinquedo, pois os sacerdotes não Me ouvem.

Você é a única mensageira, a qual Me dá consolo na plena obediência pelo fato de poder dizer tudo através de você e em você, exercer em plenitude a Minha força de ação. Muitos mensageiros e mensageiras cairão neste tempo dificil, porque parece demasiado difícil para eles terem que escalar a montanha para Gólgota. Porém, você, Minha pequena, tem diariamente o Santo Sacrifício da Missa que te sustenta e na qual Eu posso agir com Meu Filho Jesus Cristo. Um Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino segundo Pio V, que, ele somente, contém o pleno fluxo de Graças através do qual todos que querem experimentá-lo, serão sustentados e protegidos. Ele tem a plena força de ação quando é celebrado segundo o DVD e, este fluxo de Graças, será eficaz em vós.

Acreditai nisso, Meus amados seguidores. Continuai a apoiar Minha pequena como até agora e aumente vossa oração e vossa expiação. Tende atenção a Mim, ao Pai Celestial, e pensai sempre que tempos difíceis significa em Minha pequena o abandono e aridez, os quais Eu não quero infligir a ela. Mas com pesar no coração devo Eu permitir.

Também à Minha amorosíssima Mãe, Eu tive que permitir esta experiência da aridez. Por quê? Porque Eu sou o amor. E o amor exige o maior dos amados. Aqueles aos quais tenho preferência, Eu devo inflingir neles a maior dor. Mas isto é o sofrimento do amor e isto você ainda não entende, Minha pequena. Este é o sofrimento que Eu lhe envio por amor. Um dia você vai poder agradecer por este sofrimento.

Isto não está tão longe. Você ainda se queixará e se desesperará frequentemente, pois isto parece demasiado pesado a você. Pense que Eu coloquei ao seu lado uma Mãe: A Mãe Celestial, os Anjos e os Santos. Você é a única de todas que sofrerá o martírio em sua alma, o completo martírio, este grande sofrimento pelo mundo. Você pode queixar-se e também às vezes estar desanimada, mas jamais desvie deste caminho, jamais diga: “Não Pai, agora eu não compreendo mais nada. Eu desisto de tudo” Isto você não pode, Minha pequena, – desistir. Eu irei apoiá-la em qualquer situação. Quando você disser: “Eu não compreendo nada, Pai. Eu sofro indescritíveis tormentos, mas Tu irás ajudar-me a suportar de bom grado estes tormentos até o fim.” Isto é indescritivelmente pesado para você, – indescritivelmente pesado, mas este é o seu caminho, é sua cruz, a qual você tem que carregar sozinha, como sofrimento pelo mundo. Eu coloquei ao seu lado o pequeno rebanho e os seguidores.

Não é bom o fato de Eu ter vos concedido a Minha pequena Monika para estar ao vosso lado? Não  é? Não vedes que sem ela vós não poderíeis lidar completamente com a situação? Isto tinha que ser. Esta é a tarefa que ela assume de forma absoluta. Vós, Meu pequeno rebanho, cada um recebeu uma tarefa própria. Vós podereis cumpri-la plenamente se vós acreditais no Meu poder e força. Não é em vossa força que vós podeis vos apoiar. Também Minha Monika não pode apoiar-se em sua força, mas somente na Divina. Ela irá agir em você. Você vai gerir tudo nesta força. Você não compreenderá muita coisa. Você irá também rebelar, pois muito sofrimento virá ainda sobre ti. Expiação e sofrimento de expiação onde você diz: “Pai Celestial, Tu quisestes assim? Eu não entendo porque as coisas devem acontecer assim.” Porém, isto acontecerá assim como está em Meu plano e não como no seu. Você não pode guiar nada. Você é incapaz e necessita totalmente da Minha ajuda Divina.

Veja o sofrimento da Minha pequena. Isto é o maior dos sofrimentos. Não se esqueça de apoiá-la sempre em seu sofrimento. Até o momento você fez tudo e Eu agradeço-te por isso. E também (agradeço) a vós, Meus amados seguidores. Vós não tendes falhado. E você, Minha pequena, não falhou, como você pensa. Você sofre. E neste sofrimento você não poderá entender muito do que o seu Pai Celestial exige de você. Você diz: “Pai Celestial, Tu me abandonastes e esquecestes?” Como posso Eu alguma vez te esquecer?

Porém o abandono é a aridez que você experimenta. Isto você não compreenderá, pois isto é incompreensível para você. Tudo vai se revelar não segundo o que se passa na sua vontade e desejo. Às vezes você pensará: “Eu perdi a lucidez? Onde eu estou, onde estou?” Mas dai, o seu Pai Celestial amar-te-á ao mais alto grau, pois você Deu-Me tudo. Pense nisto. Você disse: “Tudo, Pai Celestial, a Ti. Tu deves possuir Minha vontade e minha mente.”  Por isso este sofrimento, pois no sofrimento está o objetivo (final) e o cumprimento.

Um dia você perceberá e saberá por que o Pai Celestial teve que exigir tudo de você, porque o mundo está demasiado ruim e porque a igreja católica está completamente destruída ao chão. Se Eu, o Pai Celestial, em Meu Filho não a defendesse, ir-se-ia somente pisá-la, pois na Alemanha esta o pântano, que introduziu a grande imundície na igreja católica. E isto vivencia o Pai Celestial em Seu Filho e na mais Pura de todas as Puras, a Mãe Celestial que chora e lamenta com Seu e Meu Filho Jesus Cristo, Seu único Filho, o qual Ela deu a luz.

Como corredentora Ela deve sofrer tudo conosco e vós sois Seus filhos. Esperais algo diferente Dela, da Mãe Celestial? Não quereis vós, como filhos, sofrer com Ela? Não quereis ir com Ela neste caminho de sofrimento? Ide com Ela. Ide até à Sua mão. Vós não estais abandonados. Vós tendes nela o maior laço de amor. Não deveis esquecer-vos disto. Se vós desesperais, Ela está pronta ao vosso lado e apoía-vos com milhões de Anjos que envia. Dia e Noite Ela implora junto do Trono do Pai Celestial para que vós não desistais. Eu imploro-vos: Não desistais, vós que acreditais e confiais. A fé, a esperança e o amor irão conduzir-vos através destes tempos difíceis.

Esta é uma grande mensagem que vos indica o caminho que Eu hoje vos dei. Você, Minha pequena, recebeu e transmitiu estas palavras em Minha força. Em sua força você não irá conseguir. Não se abandone em suas forças. Pense sempre, que somente pela força Divina você foi mantida. Mas este é o último caminho, o caminho para o Gólgota. Para você, significa subir o monte calvário até o topo e não desesperar, mas sim mortificar, pois Meu Filho Jesus Cristo agora vai ser crucificado pelos Seus sacerdotes. A coroa de espinhos será pressionada em Sua cabeça pelos Seus sacerdotes. Ele será acoitado e pregado na cruz pelos Seus sacerdotes. Ó, amados sacerdotes, quão muito Eu adverti-vos e vós não obedecestes. Eu fui atrás de vós e vós não estáveis lá. Vós viveis o modernismo e nisso, o demônio tem sua força. O mal enlaçar-vos-á e seduzir-vos-á, pois ele é astuto.

Eu abençoo-vos agora com a força Divina, com o amor Divino, com a confiança e a fidelidade Divina. Fiel até a morte, Meus amados. Assim deveis ser. Isto é o Meu amor, que Eu derramo sobre vós. Eu amo-vos imensuravelmente, amo aqueles que acreditais, especialmente Meu pequeno rebanho e seguidores.

Eu abençoo-vos na Trindade, com todos os Anjos e Santos, especialmente com a vossa amorosíssima Mãe, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Permanecei fiéis a Mim e ide neste dificíl caminho somente no amor. Amém.