2 Novembro 2015 – Dia de Finados

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

2 Novembro 2015 – Finados. Anne fala palavras esclarecedoras na festa dos finados, após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina segundo Pio V. na igreja-casa em Göttingen. O Pai Celestial transferiu a ela a tarefa (de falar hoje).

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje também, no dia de finados, o altar principal e o altar da Virgem Maria estavam novamente imersos em luz dourada e prateada brilhante.

Eu pude ver inúmeras pobres almas que entraram nesta igreja-casa. Elas tinham a face muito triste. O espaço (da casa) estava sobrelotado de pobres almas. Elas estavam presentes durante todo o Santo Sacrifício da Missa. Elas reverenciavam especialmente durante a transubstanciação em devoção ao Santíssimo Sacramento do Altar, além de prostrarem e O adorarem. Elas demostraram esta devoção através da sua expressão facial.

Eu senti também, desta forma, um grande temor diante do Santíssimo Sacramento do Altar. Eu senti que Ele é o supremo e o maior em nossas vidas. Nós podemos nos alegrar que Jesus permanece no meio de nós em Sua humanidade e divindade, pois nós O adoramos e ajoelhamos diante Dele. Também podemos dizer tudo a Ele. Nada permanece escondido Dele, mas Ele gostaria de ficar a saber tudo a partir de nossas bocas, a partir de nós mesmos. Nós devemos dizer a Ele tudo o que nos pressiona. Ele espera por isso e Se alegra quando nós somos frequentemente abertos com Ele. Ele gostaria de saber de nós tudo o que nos afeta, pois Ele está presente em Sua Humanidade e Divindade. Quando nós comunicamos tudo a Ele, Ele Se alegra pelo fato de que (a partir de nosso pedido de ajuda) Ele pode nos ajudar. Ele pode nos ajudar muito mais quando nós O comunicarmos pessoalmente.

E assim, nós queremos hoje ter como nosso princípio de vida comunicarmos pessoalmente a Ele tudo o que nos afeta, o que nos preocupa e também tudo o que acontece no mundo, especialmente diante do Santíssimo exposto. Ele que saber tudo de nós. Ele gostaria sempre de morar em nós e estar conosco dia e noite. Ele gostaria de nos abraçar e dizer-nos que Ele é o maior em nossos corações. Ele Se comove com tudo, mesmo que Ele já saiba de tudo. Ele quer ajudar-nos em qualquer situação. Frequentemente não somos de maneira alguma, conscientes de que Ele está junto de nós, que Ele está no meio de nós, que Ele mora em nosso coração.

De forma muito especial, neste dia de hoje das pobres almas, eu confiei a Ele (Jesus) as almas de meus parentes. Eu sei sim que alguns ainda estão no purgatório. Eu gostaria que elas fossem libertas. De maneira especial, isto, me afeta muito. Ele sabe o momento de quando Ele as libertará. Não está tão longe. Ele disse-me isto. Ele pode libertá-las-las do purgatório somente quando todo o pecado da culpa estiver expiados.

Se elas estivessem na contemplação de Deus antes de terem expiado todos os pecados, elas não suportariam a contemplação do altíssimo Deus. Elas iriam querer voltar para o purgatório rapidamente. Isto é o que eu entendi. Eu estou agradecida pelo fato de que ainda posso rezar e expiar, mesmo para os meus parentes.

Sim, assim são as coisas para com as muitas almas que estavam hoje conosco. Elas pediram a todos por oração. Hoje, neste dia, foram libertas um cardume de pobres almas. Porém, todas que se encontravam aqui na igreja-casa não foram libertas. A oração de hoje dirigida à elas as ajudaram muitíssimo. Para algumas, as orações não foram suficiente. Elas tinham que voltar de novo para o purgatório e elas fizeram isto com gosto, pois sabiam exatamente que as oracoes ainda não eram suficientes: “Eu não posso ainda estar diante de Deus. Mas eu sei que vou ser salvo e buscado pela Mãe de Deus e pelos anjos para poder contemplar a eterna Santidade de Deus.” Disso elas tem certeza. Porém, um outro grande cardume de pobres almas subiram rapidamente para o céu. Felizmente elas foram apanhadas pelos Anjos e acompanhada por Eles. A Mãe de Deus também estava junto. Isto foi uma grande festa para as pobres almas.

Este dia também se tornou para mim um dia de festa, porque eu vi como as pobres almas se alegraram e estavam agradecidas por nossa oração. Elas estavam já ansiosas por este dia. Por isso eu mesma estou agradecida por poder vivenciar este dia de hoje. Agora eu sei que para nós também será um grande dia de festa, quando nós um dia pudermos entrar na santidade de Deus. Nós estaremos agradecidos se outros rezarem por nós. Eu espero e rezo para que nós todos possamos igualmente chegar ao céu e não ter que experimentar o purgatório.

Hoje foi algo especial o que eu pude vivenciar. Eu espero que muitos também pensem assim quando lerem esta locução e que estejam agradecidos por este dia, e que também rezem por seus parentes para que eles sejam libertos do purgatório, pois se assim fosse, este tão grande fluxo de pobres almas não teriam entrado na igreja-casa em Göttingen. A casa estava totalmente preenchida com pobres almas. Pode-se salvar muitas almas num só dia. E isto nós fizemos, mas não somente nós. Aqueles que acreditam nas mensagens e não somente as lêem, mas também as vivem, salvam muitas pobres almas.

O Pai Celestial está agradecido por nós rezarmos , sacrificarmos e expiarmos diariamente e com confiança para as pobres almas e por nós querermos salvá-las do purgatório.

O Pai Celestial disse também que há muitas pobres almas de sacerdotes que nós não conhecemos mas que ninguém reza e sacrifica por elas. Nós também devemos rezar por elas. Estas devem sofrer muito no purgatório. Elas encontram-se frequentemente no ultimo nível antes do inferno, porque elas pecaram gravemente. Estas serão julgadas de forma diferente que nós. Quanto maior a posição (Papa, Bispo, Padre) mais elas devem sofrer. Por estas nós devemos rezar de forma muito especial. Elas estão desde já agradecida por nossa oração porque elas estão muito próximas do inferno e devem sofrer indescritivelmente.

E assim, abençoa-nos agora o Pai Celestial, neste dia de finados, na Trindade com todos os Anjos, as pobres almas salvas com a Mãe de Deus, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Louvado seja Jesus, Maria e José na eternidade. Amém.