17. Junho 2015 – O Pai Celestial Fala Hoje no 59° Jubileu de Sacerdócio.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

17. Junho 2015 – O Pai Celestial fala hoje no 59° jubileu de sacerdócio, após a Missa do Santo Sacrifício Tridentino, segundo Pio V. na capela da casa da Glória em Mellatz, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O Pai Celestial fala: Hoje vós celebrais a Missa do Santo Sacrifício pela festa de Meu amado sacerdote Padre Rudolf Lodzig. Ele mesmo estava imerso em uma luz dourada, na luz do Meu Filho Jesus Cristo. Ele celebrou cerca de 11 anos de Missa do Santo Banquete Sacrificial no Rito Tridentino segundo Pio V., em plena verdade. Ele é praticamente o único sacerdote que verdadeiramente acredita, confia e que segue as Minhas mensagens e as seguem na plenitude.

Meu amado sacerdote, pelo seu 59° Jubileu de sacerdócio, Eu gostaria de dizer um fraterno Deus te abençoe. Você seguiu os Meus desejos. Você não perguntou: “O que passará comigo, caso eu acreditar nas mensagens, caso eu como confessor que atuo há praticamente 11 anos, carregar sobre mim todos as dificuldades, doenças, todas as perseguições e difamações?”

Muitos sacerdotes não estão preparados para seguir as Minhas mensagens. Eles [1] celebram, precisamente, o Santo Banquete Sacrificial no Rito Tridentino, mas quando se trata de Minhas Mensagens eles não acreditam. E isto é muito triste, pois Eu não dou estas mensagens somente para o Meu pequeno rebanho, mas sim que elas se dirijam ao mundo, para que as pessoas, principalmente os sacerdotes, possam se converter.

Minha pequena mensageira Anne é a única mensageira que possui um confessor ao seu lado para que ele vá com ela em todos os caminhos e a apoie e esteja ao seu lado em qualquer situação. Ele não falhou de forma alguma, mesmo quando chovia perseguições a este pequeno rebanho. Neste momento eles serão muito perseguidos por este diretor do local de orações Wigrazbad. Inventa-se mentiras para fazer o Meu sacerdote cair e prejudicar o Meu pequeno rebanho, especialmente, a Minha pequena mensageira, que suporta tudo na paciência e amor. Ela não desiste, mesmo quando ela é desprezada por outros mensageiros.

Meu amado sacerdote, obrigado por seus muitos anos em que você tem perseverado, que você tem sempre celebrado a Missa do Santo Sacrifício no Rito Tridentino segundo Pio V., em plena verdade. Continuar-se-á a te perseguir e também te desprezar. Muitos sacerdotes não acreditam que você é o Meu amado sacerdote, o sacerdote escolhido. Sim, você o é! Eu tenho te predestinado e escolhido deste a eternidade! Isto você não pode adivinhar e sondar. E você também não pode compreender o quão grande é a sua tarefa. Você está no Meu plano e na Minha vontade. Você transmitiu a Mim a sua vontade. Também por isso, Eu te digo hoje, obrigado.

Você não desistiu quando as coisas ficaram mais difíceis. Quando a cruz pressionava suas costas, você dizia: ” Sim, Pai, assim como Tu o queres, não como eu quero. Independentemente de como são Teus caminhos, eu os seguirei, mesmo se isto for difícil para mim e mesmo quando eu não posso sondar os Teus planos. De maneira bem especial eu digo: Sim Pai. Tudo eu suportarei em paciência, no amor e humildade”. Você também disse:” Na humildade eu irei crescer. Eu não quero ser grande, não”. Também as falhas não são impensáveis.

Ontem vós fostes novamente interrogado pela polícia. Isto foi uma passagem difícil para vós. Porém, vós cumpristes a Minha vontade. Vós acreditastes que o Espírito Santo vos iluminaria neste interrogatório. E isto ocorreu. Conforme a Minha vontade, vós deveríeis recorrer da acusação, porque tem-se acusado a vós de falsidade. Acreditai que tudo ocorrerá segundo Meus planos.

Continuais a ir para o Meu Local de Peregrinação e oração Wigratzbad. Ore em rua pública o rosário e não desvie nem um passo desta rua, pois gostariam de vos expulsar deste local. Porém, Eu não desejo isto e não irei permitir que se continue a acursar-vos de mentira.

Agora a outra parte vai ser interrogada pela polícia, assim como Eu desejo. E tudo o que vai passar adiante está no Meu plano e vontade. Confiai profundamente e acreditai!

Celebrai hoje este dia especial com seu pequeno rebanho. Vossos seguidores estão incluídos nele. Obrigado por tudo que se passou nestes 11 anos. Eram frequentemente momentos difíceis, mas vós tendes administrado a força divina.

Obrigado por todo o vosso amor, por vossa fidelidade. E assim, abençoo-vos Eu, na Força Divina, na Trindade, com Minha amorosíssima Mãe, todos os Anjos e Santos, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Permanecei fiéis ao céu! Avance corajosamente nestes passos! Amém.

Eles [1] – Alguns sacerdotes, apesar de celebrarem a missa no rito Tridentino, quando confrontados com as mensagens não as aceitam e não as reconhece como verdadeiras.