17 – Janeiro 2016 – Segundo Domingo Depois da Epifanía

Mensagem do Pai Celstial à Anne.

17 Janeiro 2016 – Segundo domingo depois da Epifanía. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifíciio Tridentino segundo Pio V., na igreja-casa em Göttingen, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje celebramos a Santa Missa em toda a Reverência. O Altar do Sacrifício e o Altar da Mãe de Deus estavam novamente imersos em luz dourada brilhante. A Mãe de Deus apareceu como Fátima-Madonna, Rosa Mísitca e como a Rosa Rainha de Heroldsbach. O Menino Jesus na cripta abençoou-nos durante o Santo Sacrifício da Missa. O símbolo do Pai sobre o Altar estava também iluminado em luz clara.

GottVater2008

“O símbolo do Pai sobre o Altar estava também iluminado em luz clara”

O Pai Celestial falará agora: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento, através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e Filha Anne, que se encontra em Minha vontade e repete somente palavras que hoje vem de Mim, o Pai Celestial.

Meu pequeno rebanho amado, Meus amados seguidores, Meus amados peregrinos de perto e de longe e também Meus amados fiéis, que acreditam firmemente em Minhas mensagens, ainda o tempo de natal não terminou para vós. Há muito tempo que não estão mais à vista a árvore de Cristo e as iluminações de natal no modernístico.

Vós, Meus amados, segui Meu exemplo e Meu plano. Vossa casa está continuamente iluminada em Festa, pois esta luz deve iluminar o que Eu envio para dentro de vossos corações. Há tempos, Meus pequenos amados, que esta luz tornou-se mais clara e mais clara em vossos corações. Vós acreditais e confiais e expiais por estes sacerdotes que não querem seguir-Me e não querem celebrar o Santo Sacrifício de Meu Filho Jeus Cristo no Rito Tridentino, segundo Pio V. Eles vivem no modernístico e continuam rejeitando este Santo Banquete, segundo o Meu desejo, plano e como foi estabelecido por Meu Filho para todos os Sacerdotes.

Meu pequeno rebanho amado, agora vós estais novamente unidos. Dois estavam em Mellatz e dois em Göttingen. Foi uma semana difícil para vós todos, todavia vós cumpristes tudo exemplarmente em cada situação. Em cada situação digo Eu, Meus pequenos amados, pois somente através de Minha força Divina pudestes perserverar. De outra forma, isto não seria possível, pois muitas tarefas esperavam por vós e exigiu vossas forças até ão extremo. Todavia vós perseverastes e por isso Eu gostaria de vos agradecer de forma muito especial.

Eu amo-vos e gostaria de enfatizar isto porque vós, por amor, quereis cumprir tudo por Mim, o Pai Celestial. Eu vos coloco frequentemente muitas exigências. Até o momento vós não Me destes sequer um não.

Como vão as coisas com os sacerdotes? Com os Meus amados escolhidos? Eles não Me seguem e continuam não Me demonstrando obediência alguma. Eu gostaria sempre de dizer que isto é amargo para Mim, o Pai Celestial na Trindade. Todavia vós expiais continuamente e por isso Eu vos agradeço. Vós trazeis muitíssimos sacrifícios. Vós nunca vos tornais fatigados em querer fazer cumprir tudo a Mim, segundo o Meu plano, do Pai Celestial. Algumas coisas dão errado, Meus amados, pois vós não sois perfeitos. Mas acreditai que vosso Pai Celestial colocará em ordem tudo o que vós não conseguistes colocar. Vós tendes a vontade firme de prestar a obediência a Mim, ao Pai Celestial. Às vezes as coisas parecem de uma outra forma, da qual podeis imaginar, pois não tendes nem a previsão e nem mesmo conheceis o passado. Mas Eu, o Pai Celestial, ordeno tudo no presente, futuro e passado.

E agora, Meus pequenos amados, Eu, o Pai Celestial, gostaria de Me despedir por hoje e de vos agradecer mais uma vez por todo o vosso amor que apresentais a Mim diariamente. Eu vos apoio em cada questão. Acreditai cada vez mais firme e confiai que vosso Pai Celestial mora sempre em vossos corações, mesmo quando vós não sentis isto ou mesmo quando realizais uma tarefa após outra, Eu estou muito perto de vós, pois Eu amo-vos imensuravelmente.

E assim abençoa-vos agora vosso Pai Celestial com vossa amorosíssima Mãe, a Rosa Rainha de Heroldsbach, a Mãe da Imaculada Conceição e Rainha da Vitória, como todos os Anjos e Santos e com o Pequeno Menino Jesus, o Deus Trino, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Sede abençoados e protegidos em toda situação. Amém.