13 Novembro 2016 – Noite de Expiação em Heroldsbach.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

13 Novembro 2016 –00:15hrs – Noite de Expiação em Heroldsbach. O Pai Celestial fala através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje, 13 de novembro 2016, passamos a noite de expiação rezando, durante a adoração na igreja-casa em Göttingen. O altar do Sacrifício e o altar da Mãe de Deus estavam imersos em luz brilhante, além de estarem ornados festivamente. O Santo Miguel Arcanjo movimentava Sua espada em todas as quatro direções dos pontos cardinais, para manter o mal distante de nós. Os Anjos entravam e saiam durante a exposição do Santíssimo e adoravam Jesus no Santíssimo Sacramento do Altar. Os Anjos do tabernáculo reverenciavam em devoção.

O Pai Celestial falará: Eu, o Pai Celestial, falo agora e neste momento, através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Meu pequeno rebanho amado, Meus amados seguidores e peregrinos de perto e de longe. Eu tenho que trazer-vos hoje uma mensagem importante e especial. Esta será para vós todos incompreensível, pois ela não é de se entender e de se sondar. Eu vos conduzo numa outra direção nova e extraordinária. Segui ao Meu chamado e ao chamado de vossa amorosíssima Mãe Celestial, que está muito preocupada convosco.

Vós estais agora na Minha mudança de era. Uma nova era irrompeu-se. Tudo acontecerá segundo o Meu plano e evoluirá em plena ordem. Eu tive que riscar o Meu plano anterior, porque Eu não vou romper a vontade de Meu sacerdócio. Eles não Me obedecem, mas servem a Mammon e, finalmente, ao malígno. Somente eles não percebem ainda que eles estão arruinados ao poder. Eles seguiram os prazeres mundanos. Todavia, Eu dei-lhes muitas chances para mudarem. Apesar de Minhas muitas concessões de Graças, eles não têm mudado suas vidas instáveis e seguem as aberrações da igreja de hoje. Eles não aceitaram estas Graças, apesar de Minhas muitas admoestações e informações.

Acreditai e confiai profundamente, pois Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Segui-Me e então preparai-vos para a vida eterna e o Meu amor não terá fim.

Nesta hora decisiva, Eu nomeei o Meu amado sacerdote Padre Rudolf Lodzig como o sucessor de Pedro [1]. Eu o tenho purificado por muitos anos, porque Eu tive que prepará-lo para esta tarefa. Ele foi obediente a Mim em tudo e tem cumprido, de bom grado, as Minhas instruções. Eu te agradeço por sua disposição, amado sacerdote.

dscn0555_170612

“Nesta hora decisiva, Eu nomeei o Meu amado sacerdote Padre Rudolf Lodzig como o sucessor de Pedro. Eu o tenho purificado por muitos anos, porque Eu tive que prepará-lo para esta tarefa.”

Ocorreu para Mim, como Pai Celestial, uma situação de emergência, pois este santo padre difunde a incredulidade e obedece à maçonaria.

Ele se deixa guiar pelo mal e satanás já o tem em suas garras. Eu lutei por ele, porém ele não ouve Minha voz.

Eu sou o Cordeiro no deserto e conheço Minhas ovelhas e elas Me conhecem. Elas reconhecem as aberrações de hoje e, solícitas, abraçam a Minha proteção e auxílio. Elas reconhecem a verdade, pois elas são sábias. Esta sabedoria Eu as dei, porque elas confessaram sua culpa diante de Mim.

Meu sacerdote fez nesta noite sua confissão de culpa diante de Meu Filho Jesus Cristo e agora, ele se encontra na Graça santificante.

Amado sacerdote, por este meio Eu te dou novamente a autoridade de confessor [2], que injustamente retirou-se de você em todo mundo. Não ficai com medo, Meu amado sacerdote. Esta proibição que o seu bispo e o cânone daquele tempo emitiu é inválida. Se tivessem aplicado satisfatoriamente o direito canônico, então você seria intimado duas vezes para o interrogatório. Isto tem-se omitido e proibido sem razão aparente, além do mais em todo o mundo. Você tem suportado solicitamente esta proibição por muitos anos e seguiu a Mim em obediência. Eu nunca ouvi uma queixa de você. Você rezou pelos seus perseguidores e também continuará a fazer isto.

A este cânone Eu enviei uma doença grave para a sua conversão e para a sua reflexão. O mesmo se passará exatamente com os seus outros perseguidores, pois Minhas providencias são insondáveis. Todavia eles devem se servir da conversão e não preocupar com Meu julgamento.

Você, Meu amado sacerdote, ocupará esta autoridade por algum tempo. Eu te elegi e ninguém, a não ser Eu, pode tirar esta autoridade de você. Continuai a estar disposto para as Minhas providências. Eu te amo. Você será guiado por Mim. Esteja atento, pois o mal quer te dissuadir de Minha verdade. Ele luta por você como um leão que ruge, pois ele exerce seu último poder.

E agora, Meu amado sacerdote, professe sua promessa de fidelidade e diga a Mim.

“Eterno grande Pai no céu, somente a Ti eu quero seguir e cumprir plenamente a Tua vontade, mesmo que isto custe a minha vida. Eu estou pronto para suportar tudo o que Tu desejas de Mim. Tu és o meu Bem maior, o Tesouro em meu coração.”

Agora também, Meu pequeno rebanho amado, representativo com seus seguidores, professe a promessa de fidelidade.

Eterno Pai Celestial na Trindade, Eu sou totalmente Teu e quero somente cumprir Tua vontade na plenitude. Fazei comigo o que Tu quiseres. Eu sigo a Ti, mesmo que isto custe a minha vida. Tu és a brasa de Meu coração”.

Meus solícitos filhos, Eu agradeço-vos por esta promessa. Meus seguidores, permanecei em vosso sofrimento de cruz, pois vós sois Meus filhos do Pai.

O atual Santo Padre foi manipulado pelos maçons e não nomeado. Ele esmagou esta Santa Igreja Católica no chão. Eu sou forçado agora a fundar a nova Igreja. Ela deve sair do Meu pequeno Mellatz-Opfenbach, de Minha Casa da Glória. Isto é para vós todos incompreensível e também insondável.

Para vós, Meu pequeno rebanho amado, é que Eu escolhi construir a Minha casa, a casa da Glória e estruturá-la segundo Meus desejos e planos. Vós cumpristes tudo em obediência e por isso, Eu vos agradeço.

Deste pequeno local Mellatz-Opfenbach a nova igreja será fundada. Estas Minhas instruções são incompreensíveis e insondáveis para todos. Porém Eu Sou o Universal Pai Celestial e atuo na sábia previsão que ninguém pode sondar.

Meus amados, segui Minhas instruções adicionais e então nada pode se passar a vós. Meu tempo chegou, no qual Eu deixo acontecer muita coisa. Lamentavelmente Minha intervenção não será fácil para vós todos. Vós seguis um caminho árduo, o caminho para a montanha do Gólgotha.

Vós escalareis agora os últimos estágios. Vossa Mãe Celestial acompanhar-vos-á e vos dará a mão.

Vossas perseguições começaram. Retirar-vos-ão a honra, desprezar-vos-ão, injuriar-vos-ão. Vós suportareis tudo em paciência, pois isto é o Meu desejo e plano, ao qual deveis seguir.

Eu gostaria de enfatizar que vós estais unidos com a Capela-Casa em Mellatz, ou seja, a Capela-Casa em Mellatz e esta Igreja-Casa em Göttingen são uma.

Vai-se passar ainda um longo tempo até que vós podeis viajar para a Minha Casa da Glória, pois Minha filha Katharina está ainda gravemente doente.

Todavia, Eu sou o Senhor sobre a vida e a morte e Eu somente posso curá-la, caso Eu tenho isto previsto, pois as coisas não evoluem segundo vossas impressões e desejos, mas segundo Meus planos. Entregai-vos inteiramente a Mim, então Eu posso agir em vós e salvar muitos sacerdotes da eterna condenação.

Eu abençoo-vos agora na Trindade com todos os Anjos e Santos, especialmente com vossa Mãe Celestial, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Estai preparados para Minhas providências. Eu amo-vos e estarei sempre convosco. Não tendes medos algum, pois eles vos mantêm longe da verdade.

 [1] “…Eu nomeei o Meu amado sacerdote Padre Rudolf Lodzig como o sucessor de Pedro” – Às 00h15 do dia 13 Novembro 2016, durante a adoração ao Santíssimo, Padre Lodzig, o confessor de Anne Mewis, foi nomeado como o sucessor da cadeira de Pedro pelo Pai Celestial. Ele é o novo Papa da Igreja Católica Apostólica Romana e ocupará esta autoridade por algum tempo. Há tempos, o Pai Celestial tomou o Cetro firme na mão. A autoridade da igreja já não está mais no vaticano, mas sim junto do Pai Celestial. 

[2] “…autoridade de confessor”  – Padre Lodzig, foi proíbido injustamente, desde abril 2007, a atender confissões dos fiéis em todo o mundo. Uma cópia da carta original, enviada ao Padre Dietrich (diretor do local de peregrinações de Heroldsbach) pela diocese de Bamberg, dando conhecimento ao Padre Lodzig da suspensão de sua autoridade de confessor, encontra-se logo abaixo. Um pedido de suspensão da ordem de retirada foi contestada por cartas que o Padre Lodzig enviou à diocese de Bamberg e, posteriormente, ao Vaticano em 27.06.2007. A resposta do vaticano chegou em 6.10.2007, dizendo que Padre Lodzig deveria obedecer às instruções de seu bispo, em função da promessa de obediência, à qual ele se submeteu. Estas cartas podem ser encontradas AQUI na versão alemã. A tradução da carta de proibição diz o seguinte:

Retirada da Autoridade de confessor do Padre Rudolf Lodzig, Diocese de Hildesheim. 11.04.2007

Amado irmão,

por este meio damos a conhecer a retirada da autoridade de confessor do Padre, através do vigário geral Dr. Werner Schreer. Padre Lodzig não está mais autorizado a ouvir confissão de fiéis. A retirada da autoridade de confessor é válida para todo o mundo. 

Por favor, dêem a conhecer ao Sr. Padre Lodzig, a carta do vigário geral da diocese de Hildesheim, caso ele ainda não a tem, porque esta foi enviada ao seu endereço em Göttingen, e cuide de que Padre Lodzig não receba nenhuma confissão de fiéis.

Fica aos vossos cuidados se os fiéis devem ficar a saber retirada da sua autoridade de confessor.

Com melhores cumprimentos,

Georg Kerstel

Vigario Geral

bereichsverbot_03