13 Junho 2017 – Dia de Fátima e Rosa Mística.

"Eu, vossa amorosíssima Mãe, vossa Rosa Rainha de Heroldsbach, falarei hoje para vós,"

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

13 Junho  2017 – Dia de Fátima e Rosa Mística. A Mãe de Deus fala após o Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Hoje, 13 Junho 2017, celebramos o dia de Fátima e Rosa Mística com um Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V.. O altar da Virgem Maria estava, por isso, imerso em luz dourada brilhante. O manto da Mãe de Deus estava encoberto com pequenas pérolas e com pequenas pedrinhas brilhantes que irradiavam como diamantes. As rosas e os lírios, os quais eu pude ver misticamente, estavam também providos de diamantes e pérolas. Os Anjos agrupavam-Se em torno do tabernáculo e também em torno do altar da Virgem Maria. Haviam hoje muitos Anjos presentes. Eles prestavam honra à Mãe de Deus.

A Mãe de Deus falará hoje: Eu, vossa amorosíssima Mãe e Rosa Rainha de Heroldsbach e também Mãe e Rainha da Vitória, falo hoje, neste noite, após o Santo Sacrifício da Missa, através de Meu solícito e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai Celestial e hoje repete palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos e fiéis de perto e de longe, amados filhos do Pai e filhos Marianos. Eu, vossa amorosíssima Mãe, vossa Rosa Rainha de Heroldsbach, falarei hoje para vós, pois Minha pequena amada está muito triste, porque o Pai Celestial não retirou dela hoje as dores da hérnia de disco. Ela desejava que esta injeção no canal radicular fosse bem sucedida.

“Eu, vossa amorosíssima Mãe, vossa Rosa Rainha de Heroldsbach, falarei hoje para vós,”

Não esteja triste, o Pai Celestial retirará de você estas doras no tempo certo.

Olhe para o Pai Celestial, quão triste Ele tem que assistir a igreja destruída de Seu Filho Jesus Cristo. Tudo continuará a ser destruído. Nada mais é santo e reverente. E você, Minha pequena, expia, sofre e o Pai Celestial será agradecido a você. Não desespere e aceitai isto agradecidamente. O Pai Celestial ainda necessita de sua expiação. Ele escolheu até mesmo muitas almas de expiação. Todavia você é uma das mais significantes almas de expiação, porque a missão mundial será visível em você. Tenha ainda um pouco de paciência e persevere no agradecimento. Brevemente você reconhecerá que cada dia de sua vida é preciosíssimo.

Minha pequena flora da paixão, a cada dia Ele te diz Eu te amo, porém, mais especialmente quando seus sofrimentos tornam-se insuportáveis. Aí você apresenta a Mim o maior sacrifício. Isto Eu desejo também de muitos outros que não podem aceitar os sofrimentos, porque isto lhes parece demasiado difícil. Eu desejo que eles aceitem estes sofrimento por amor e agradecimento e que eles mudem de vida. Muitos sacerdotes até hoje não mudaram suas vidas e continuam a celebrar hoje a missa do povo. O Santo Sacrifício da Missa desaparece completamente, pois o altar do povo encontra-se no meio.

Qual sacerdote serve ainda hoje ao Meu Filho Jesus Cristo no altar do Sacrifício? A cisão já começou. Muitos  sacerdotes já retrocederam implicitamente e lamentavelmente não professam publicamente pela verdade de que eles separaram das igrejas modernistas. Alguns celebram implicitamente o Santo Sacrifício da Missa e não dão isto a conhecer. Eles não se comprometem com isso.

Eu, o Pai Celestial, desejo continuamente que cada sacerdote – através de Minha Mãe Celestial que Me pede que cada um se torne solícito, assim como Eu desejo – obedeçam a Mim em tudo e celebrem este Santo Sacrifício da Missa em toda a reverência no Rito Tridentino segundo Pio V.

Eu desejo também que coloque o altar do povo em segundo plano e que o altar do Sacrifício esteja no meio de Minha Igreja. Os sacerdotes devem apresentar o Sacrifício de Meu Filho Jesus Cristo. Eu desejo definitivamente que recebam a comunhão na boca e de joelhos e que seja partilhada somente por um sacerdote.

Eu espero pela devoção de Meus amados sacerdotes. Se vós soubésseis o quão seríeis amados sobre todas as coisas! O fato de vós ainda não prestar honra ao Pai Celestial não é devoção alguma, diz a Mãe de Deus. Eu, como Mãe Celestial, estou triste quando o Pai Celestial quer honrar o Seu Filho e não recebe o “Sim Pai” de Seus sacerdotes. Lamentavelmente, muitos sacerdotes celebram ainda hoje em torno do altar do povo. A missa do povo não é de se comparar com um Santo Sacrifício da Missa.

Amados fiéis, olhai para Mim, vossa amorosíssima Mãe, Eu vou para o Pai. Eu Lhe peço diariamente para que possa ainda salvar alguns sacerdotes da ruína e derramar para dentro de seus corações um amor profundo, o amor do Espírito Santo. Eu peço diariamente por isto.

Amados Muldaner, vós celebrastes hoje o Santo Sacrifício da Missa em Mulde. Quão agradecida Eu estou por vós expiardes, sacrificardes e rezardes e, além disso o fato de que isto não vos torna demasiado, pois os muitos Rosários tornarão em muitas dádivas para vós todos. Eu agradeço pelas muitas perseveranças. Vós provais a Mim e ao Pai Celestial, que O amais de fato. Acreditai em Mim, Meus amados, Eu como Rosa Rainha de Heroldsbach, espalho sobre vós abundantes rosas.

“Amados Muldaner, vós celebrastes hoje o Santo Sacrifício da Missa em Mulde”

Perseverai continuamente, mesmo se vós tiverdes que carregar graves sofrimentos. Assim, sois os filhos mais amorosos para o Pai Celestial.

Somente mais um pouco de tempo e então a intervenção ocorrerá, a intervenção do Pai Celestial, Meus amados filhos Marianos. Será cruel quando O Pai Celestial lançar esta intervenção e também executá-la.

Contudo, antes ireis, Meus amados, experimentar milagres da Graça, milagres da salvação. Através de vós ocorrerão milagres. Vós deveis agora acreditar profundamente, pois isto segue para o fim, o fim do tempo de satanás. Satanás dá sua última tacada e poderá arrebatar alguns.

Se vós não confiardes profundamente em vosso Pai Celestial, então ele (satanás) vai poder influenciar-vos, mesmo naqueles que acreditam profundamente.

É muitíssimo importante neste último tempo dizer ao Pai Celestial um absoluto “Sim Pai”. Ele exige de vós a total obediência. Vós deveis doá-la a Ele absolutamente e presenteá-lo. Desta forma, Ele pode fazer convosco o que Ele gostaria. Isto, ás vezes parece totalmente o contrário de como vós desejais. 

Vós não podeis entender o amor do Pai Celestial, Meus amados. Mesmo se Eu vos exortar continuamente a amar o Pai Celestial, vós não compreendereis o Seu amor. Este amor é sem limites. Vosso amor é limitado. Frequentemente sois pessoas fracas quando as coisas vos parece difíceis e não podeis sondar o amor de Deus. Não, vós não podeis sondá-lo. Assim seríeis inconstantes. Pensai sempre no amor do Pai Celestial, assim como Ele vos ama, assim como Ele já vos demonstrou o amor. Ele sempre fará (demonstrará) isto de novo. Isto depende de vossa confiança. Assim, quando pensais que sois fracos, então recebereis a força Divina e podereis fazer o que o Pai Celestial exige de vós. A força humana já cedeu. Porém, a força Divina é totalmente diferente. Quando as coisas vos parecerdes impossíveis, persevereis neste tempo dificílimo, então os Anjos vem e vos apoiam. Assim, ireis também fazer do impossível o possível, porém, na vontade do Pai Celestial.

Não esqueçais, por favor, que o Pai Celestial ama-vos imensuravelmente e Eu, vossa Mãe Celestial, peço a vós os Anjos para que não somente vos apoiem, mas também vos preservem do mal. O mal ainda circula, apesar de vós não perceberdes isso com frequência, porém, ele está sempre aí.

Vós, Meus amados filhos Marianos, sois sim os amorosíssimos e, certamente, ireis perseverar em trazer, certamente, esta alegria ao pai Celestial. Chamai de novo o sopro do Espírito Santo. Ele irá derramar sobre vós e vos dará nova força do amor em vós.

Assim, abençoa-vos vossa amorosíssima Mãe, a Rosa Rainha de Heroldsbach, Mãe e Rainha da Vitória e também a Rosa Mística com todos os Anjos e Santos na Trindade, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vós sois e sereis amados por toda a eternidade. Trazei continuamente alegria ao Pai Celestial neste tempo, neste tempo dificílimo, para que Ele possa aconchegar-vos em Seu Coração e, de vós, esperar este amado consolo.