13 Janeiro 2016 – A Mãe de Deus Fala no Dia de Fátima e Rosa Mística.

Mensagem da Mãe de Deus à Anne.

13 Janeiro 2016 – A Mãe de Deus fala no dia de Fátima e Rosa Mística, após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina segundo Pio V., na igreja-casa em Göttingen, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje celebramos novamente a Santa Missa com toda reverência. O altar da Mãe de Deus estava imerso em luz clara brilhante de forma muito especial. Assim também estava o Menino Jesus na Cripta, pois nós ainda estamos no tempo de natal, apesar de que este tempo já finalizou no dia 6 de janeiro na igreja modernista.

A Mãe de Deus fala agora a vós como Rosa Rainha: Meus amados filhos, Eu falo através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai Celestial e repete hoje palavras que vem de Mim, vossa amorosíssima Mãe.

Meus amados seguidores, Eu vos agradeço por terdes feito novamente muito esforço para ir à Mulde e trazer esta alegria para Mim. Esta Santa Missa trouxe a vós muitas Graças e muitas bênçãos, até mesmo para suas famílias, especialmente para os sacerdotes. Eu gostaria de vos agradecer pela noite de expiação em Heroldsbach, pois ela foi bastante penosa para vós. Vós pudestes desta forma, salvar muitos sacerdotes da condenação eterna. Estai sempre agradecidos, também pelo vosso sofrimento que muitos agora têm que carregar sobre si, pois Eu, a Mãe Celestial, vivenciei as maiores dores neste tempo de tribulação. Assim também tereis que experimentar este tempo de tribulação, Meus amados filhos de Maria. Eu não posso vos economizar esta cruz. Por favor, tomai-a solícitos e corajosamente sobre vós e permanecei na tranquilidade.

Para vós, Meu pequeno rebanho amado, especialmente para a Minha pequena amada Anne e seu confessor Padre Lodzig, Eu gostaria de dizer que vós fizestes o maior esforço nos últimos quatro dias. Não poupastes esforços algum. Vós estivestes ativos e ininterruptos, em razão da mudança (de casa). Tivestes que subir e descer muitas escadas. Você, Minha pequena, sofreu muito por causa disso. Às vezes você teve que subir quatro vezes os 44 degraus. Você sentiu isto na sua deficiência cardíaca. Eu vos agradeço pelo fato de que apesar disso, você confiou na força do Pai Celestial e não desistiu.

Muitos candidatos estavam previstos para o apartamento e você agiu de maneira exemplar. Eu vos agradeço por isso, Minha pequena Anne. Seu confessor te acompanhou em tudo neste caminho e continuará a fazê-lo. Agora Eu tenho ainda mais um pedido, Minha pequena amada. Hoje de manhã você conversou com o proprietário do aluguel. Isto não era o seu desejo. Porém Eu estava presente, Minha pequena amada. O mal falou a partir da boca dele. Satanás entrou nele. Sim, assim aconteceu de fato, Minha pequena amada. Satanás estava nele e falou a partir dele. Mas Eu, vossa amorosíssima Mãe, desejo agora que vós não deixeis para trás esta marquise, mas que vocês a desmontais. Vós podeis deixar esta firma que a montou, desmontá-la. Hoje Eu te dei a oportunidade de conversar com o chefe da firma. E agora Eu te peço para que vós não deixeis esta marquise lá, mas que a levais convosco. Vós podeis montá-la neste (novo) apartamento. Vós não contastes com isso. Porém, o Pai Celestial e vossa amorosíssima Rosa Rainha de Heroldsbach sabiam disso. Mas se isto não for possível então cobre um preço por ela, pois vós assumistes sozinhos os encargos financeiros com isso. O proprietário do aluguel não estava disposto a conversar convosco. Ele gritou muito agressivamente com você.

Ainda em relação a isso, Eu gostaria de dizer a Minha Monika que ela pode desmontar o armário de geladeira que ela mandou montar e que é muito caro. Ela pode levar para o novo apartamento. É possível montá-lo lá. Além disso, você pode pedir algum dinheiro por esta cadeira. Também isto a Minha pequena Anne já disse. Vós não deveis doar nada a este que troçou de forma grave e maldosa de vós.

Eu, vossa amorosíssima Mãe, o quis acolhê-lo. Você, Minha pequena, agiu de forma exemplar. Isto o que você disse estava em ordem, pois o Pai Celestial te deu estas palavras. Não se pode lidar com o demônio amorosamente, e não se pode ser bajulador, mas sim se deve estar consciente de que não se pode negociar com o mal. Você, Minha pequena, abandonou a sala quando você sentiu que o mal estava nele. Exatamente isto foi o que Eu exigi de você. Eu te agradeço por ter reagido de forma correta.

E agora, Meus amados seguidores, Eu agradeco-vos por todo o vosso esforço, por todas as vossas orações, por todo o vosso trabalho que vós realizais todos os meses com respeito a Mulde. Serão agora mais pessoas que começam a viagem e também gostariam de concelebrar este dia 13. Os seguidores dobrarão em número em breve. Como vistes na internet, o número de cliques desde 10 de janeiro dobrou.

Eu vos agradeço mais uma vez por todo o vosso esforço. Vossa amorosíssima Mãe está junto de vós e controla tudo com o Pai Celestial. Jamais estareis sozinhos nos próximos dias. Ainda há muito por resolver, Minha pequena amada. Você receberá esta força somente do Pai Celestial. Do contrário, não poderias suportar estar desde manhã até a noite com esta grave doença nas pernas.

Eu te amo de todo o coração e abençoo-te muito especialmente com seu amado confessor Padre Lodzig com a força Divina. Ele seguirá todos os caminhos com você e te acompanhar. Meus dois pequenos amados rebanhos estão em Mellatz e resolvem o restante.

E agora abençoa-vos na força tripla no Divino amor, na Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Amados filhos de Maria, permanecei solícitos a Mim e tomais vossa cruz sobre vós, assim como o Pai Celestial exige de vós. Amém.