12 Janeiro 2014 – A Mãe de Deus Fala na Noite de Expiação às 23h50 na Capela-Casa em Mellatz

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

12 Janeiro 2014 – A Mãe de Deus fala na noite de expiação às 23h50 na capela-casa em Mellatz, através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. A capela-casa em Mellatz ficou, repentinamente, iluminada em luz clara, como se tivesse apertado um botão. Tudo irradiava em brilhante-dourado. Ainda agora esta sala do Sacrário também brilha em uma luz clara brilhante, a qual eu não posso descrever. Hoje celebramos o dia da Mãe de Deus, nomeadamente a noite de expiação em Heroldsbach.

A Mãe de Deus falará: Vós, Meus amados filhos, rezastes, sacrificastes e expiastes muito nesta noite de expiação para os santos sacerdotes.

Meus amados filhos, Eu, a Mãe de Deus, falo agora e neste momento, através de Meu solícito, obediente, humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai Celestial, do Deus Trino, e repete somente palavras que vem do céu.

Meus amados filhos Marianos, Eu, vossa Mãe, vossa amada Mãe de Deus, falo para vós e gostaria de estar convosco nesta noite de expiação, na qual muitos peregrinos estão presentes em Heroldsbach e oram e sacrificam.

Meu pequeno rebanho amado, Minha pequena amada, desta vez o sofrimento de expiação foi retirada de você pelo Pequeno Menino Jesus. Porque, Minha pequena? Você pode hoje celebrar a noite santa. No 24 de dezembro do ano anterior você não pôde experienciar no mesmo grau que agora, nesta noite. Na noite santa foi infligida pelo Pai Celestial em você, um sofrimento de expiação doloroso pelo Pai Celestial para expiar por todo o mundo, pelas transgressões e especialmente pelos sacerdotes.

Nos dias de Natal, o Meu Filho Jesus Cristo teve que continuar a padecer em você os grandes medos da morte. Ele era Aquele que teve que padecer os maiores sofrimentos em você. Não foi somente você que sofreu sozinha, mas também Meu Filho Jesus Cristo em você. Foi infligido em você os maiores abandonos nestes dias de dores e sofrimento. Você não poderia sequer imaginar que você não poderia celebrar os dias de natal. Mas sim, foi-te infligido os maiores sofrimentos.

Porque abandono, Minha pequena amada? Porque seu Jesus teve que experimentar, em você, o abandono de todo o mundo. Ele foi abandonado por todos, especialmente na noite santa. Quantas pessoas não querem mais vivenciá-Lo em seus corações, pois Ele se tornou um símbolo. Jesus cristo, Meu Filho, o recém-nascido Filho de Deus tornou-se homem em um estábulo. Por este motivo, não tinha você que passar (também) os dias de natal abandonada? Não tinha você que sofrer com Ele, com o recém-nascido Filho de Deus? Este pequeno Menino Jesus, que você sempre beijou nesta capela-casa em Mellatz, te guiou nestes dias de dores e de sofrimento de morte. Você não pôde pensar em nada mais a não ser o sofrimento. Nem sequer suas orações foram ouvidas, mas todavia você segurou a fé e a esperanca até ao extremo e não desistiu.

As queixas que você dirigiu ao Meu recém-nascido Filho de Deus eram justificadas. Você pensou, Minha pequena amada, que você tinha falhado. Não, o (seu) humano tinha falhado. Este sofrimento você tinha que suportar nestes dias de natal. Isto foi cruel para você. O abandono foi tão profundo que você pensou estar já no inferno. Os piores sofrimentos foram estes nos 50 dias das sete últimas semanas. Sete semanas do amanhecer e sempre padecer os tormentos da morte que Jesus sofre em você dia após dia. Isto você não pôde entender.

Você pensou que você estava abandonada por todos, até mesmo pelo Pai Celestial, pelo Seu Filho Jesus Cristo, pelo recém-nascido Menino Jesus que você implorou e pensou que não seria ouvida. Seu Menino Jesus, que você sempre tem beijado, às vezes por desespero, estava ai.

Ele te amou de maneira bem especial neste tempo. Ele te aconchegou e beijou, sim a fé nisso era maior que o desespero, maior que a falta de esperança. Porém o Menino Jesus nunca te abandonou, sequer um único dia, sequer um único minuto. Este pequeno Menino Jesus teve que te impor tudo pelo mundo, pois você não pode esquecer, Minha pequena, que isto é o sofrimento pelo mundo. Você tem que suportar o maior sofrimento como expiação por todo o mundo. Você não pode entender isto e você não vai também entender isto hoje. Isto é demasiado grande e violento para se poder alguma vez sondar.

Por isso, Minha pequena, diga obrigado ao Seu Menino Jesus. Obrigado pelos muitos tormentos da mortes e expiações trazidas na maior falta de esperança e abandono. Seu pequeno rebanho te acompanhou e te suportou, da forma como eles puderam. Também eles não te abandonaram, porém você não pôde ver tudo em teu tormento. Mas agora você está antes de tudo resgatada. 50 dias de sofrimento de morte foram muitíssimo para você. Agora você tem que se recuperar disto. Você vai poder comer novamente e poder dormir novamente. O Menino Jesus teve que tomar (exigir) tudo de você. Missão mundial é sofrimento por todo o mundo.

Jesus fala: E agora, Minha pequena amada, quem mais Me abandonou? O Pastor supremo que tinha que Me seguir em tudo. O que ele faz no momento? Ele não mais se ajoelha diante de Mim. Ele não acredita na Minha presença e, desta maneira, testemunha que ele não pode ajoelhar-se diante de Mim durante a transubstanciação e também não o quer.

Ele só acredita ainda no símbolo, no sinal, porém Eu mesmo, como Deus e Homem, assim vos digo hoje, não estou mais presente para ele. E isto é o objetivo da Maçonaria. Exemplo para todos, Meus amados? É assim ou estão agora vazios, de fato, os tabernáculos da igreja modernística? Vós acreditais agora em Minhas mensagens, nas mensagens do Pai Celestial e de todos os cortesãos  celestes?

A Mãe de Deus fala a seguir: Quereis vós continuar a empurrar o Meu Filho Jesus Cristo para o abandono que você, Minha pequena, ainda tem que sofrer mais uma vez? Não se assuste! Sua amorosíssima Mãe suportou e vivenciou todo o sofrimento com você. Você não será abandonada.

Porém antes, Eu gostaria, como Mãe e Rainha dos sacerdotes, convocar todo o clero: Convertei! O tempo da vinda do grande acontecimento está perto. Ele está já à porta, Meus amados sacerdotes, independente se vós agora acreditais ou não.

Este acontecimento ocorrerá! Jesus Cristo na Trindade, Meu Filho, aparecerá, de fato, em todo o firmamento. Antes, o sinal da cruz. Também a cruz da agonia aparecerá. Curvai-vos diante desta cruz e inclinai-vos profundamente [1], pois isto são os últimos comboios da verdade . Somente a cruz pode ainda salvar-vos, caso vós vos converteis agora, caso acreditais em vossa cruz e caso a aceiteis como é quisto por Mim, a Mãe Celestial, através do Espírito Santo. Vossa cruz será pesada. Olhai para a Minha pequena. Ela tem carregado sua cruz ou ela a tem atirado longe de seus ombros? Não! Ela tem perseverado até o último esforço, até último suspiro do sofrimento da morte.

Vós acreditais agora que Jesus Cristo, Meu Filho, virá em grande poder e glória e Eu, como Mãe, também aparecerei? Vós todos vereis no firmamento. Antes, ireis receber alguns sinais. Especialmente vós, amados escolhidos, vós vereis estes sinais. Eu, a Mãe Celestial posso comunicá-los a vós.

Isto está indo longe demais, Meus amados. Olhai o falso profeta Francisco I. Onde ele está? Ele esta na heresia. Ele é o Anticristo. E agora vai acontecer o que foi concebido no plano do Pai Celestial, devido a esta grave transgressão de todo o clero. Todos abandonaram o Meu filho Jesus Cristo e não o seguem, mas tem suas próprias vidas no pecado, além de terem vivido graves atrocidades. Isto vai vingar-se, Meus amados filhos.

Olhe o braço de fúria do Pai Celestial. Ele o elevou e Ele irá baixá-lo, pois Ele não deixa Seus ecsolhidos serem levados. Muitos tentarão pegá-los das mãos do Pai Celestial mas eles não conseguirão nada, pois o Pai Celestial mantém Suas mãos sobre eles. Eles têm a proteção completa. Porque? Porque eles acreditam e continuam confiando na omnipotência, na Omnisciência e no todo o poderoso Pai celestial. Ele somente tem o poder, mas nunca satanás que agora está sobre a terra e que quer destruir todos como o anticristo.   

Amados filhos, está tudo evidente. Tudo o que foi dito nas mensagens do Pai Celestial vai acontecer. O tempo está ai e nada vai ficar de fora no que concerne ao plano do Pai Celestial.

A revelação de São João vai cumprir-se em plena força. Lede e sabereis o que irá acontecer. Nada está encoberto. Tudo contém a plena verdade do Deus Trino. Eu, como Mãe, como Co-Redentora e como Rainha do mundo tenho que ver de novo como Meu Filho Jesus Cristo será pregado na cruz por Seus escolhidos sacerdotes. Eles não querem acreditar e se converterem. Meu Filho tem-lhes advertido.

E como vai isto consigo, Meu amado Bento XVI? você irá querer fugir ou você irá entregar-se aos seus inimigos? Você está nas mãos de teus inimigos. Você irá arrepender-se de suas trangressões ou irá ser entregue à morte? Você quer isto ou você quer, no ultimo momento, demonstrar obediência ao Pai Celestial e (assim) despertar um amargo arrependimento em seu coração? Agora você tem ainda a possibilidade. Em um curto momento, e então pronto. Amado Bento XVI, Eu Te amo. Eu Te amo indizivelmente da mesma forma como Meu Filho Jesus Cristo Te ama e gostaria de arrancar sua alma de Satanás. Acredite e confie, pois o último momento chegou para você.

E assim estão as coisas em torno de vós. O que vós recebestes de Mim hoje como profecia é amargamente a verdade. Mas vós recebeis a força para superar a tudo, pois vós estais protegidos, porque vós acreditais plenamente. Por isso não poder-se-á fazer nada a vós. Vosso amorosíssimo Pai guada-vos em qualquer situação. Em qualquer lugar onde ides, estais protegidos. O Pai Celestial já elevou a bandeira da vitória, pois após este tempo, a grande vitória será festejada e vós estareis de pé nesta vitória, pois perseverastes até ao extremo. Por isso, o Pai Celestial na Trindade ama-vos indizivelmente.

 “Pai, Eu Te amo! Pai, eu Te amo indizivelmente profundamente e intimamente!”. Assim ireis orar ao Pai. Ele espera por vossas orações, por vosso amor, pois deveis conceder estes consolos ao Pai Celestial. O mundo inteiro está contra Ele e não mais se acredita na Trindade, no recém-nascido Menino Jesus, apesar Dele ter feito tudo por vós. O Menino Jesus veio ao mundo para sofrer pelo mundo inteiro. E você, Minha pequena, sofreu com Ele e vós, Meu pequeno rebanho, apoiou a Minha pequena neste grandessíssimo sofrimento em que ela se encontrava.

Assim é que se parece a noite hoje, a noite da expiação em Heroldsbach. Uma mensagem assim incisiva, totalmente profunda e cheia de sofrimento e dificuldades. Nesta noite, Eu, vossa Mãe, tive que infligir-vos esta dor. Isto causa dor e isto ainda causa dor. Consolai-Me e Meu Coração ferido de espinhos, pois Eu sou única como Mãe Celestial de todo o mundo.

Eu amo-vos a todos. Eu cumprimento-vos e protejo-vos com todos os Meus anjos e Santos. Sede abençoados na plena proteção do céu pela vossa Mãe Celestial, a Rosa Rainha de Heroldsbach. O amor, o amor Divino deve acompanhar-vos e fortalecer-vos – doravante e sempre. Abençoe-vos o Deus Trino, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amém. Amor sobre amor, anseio sobre anseio, fidelidade até as últimas. Amém.

[1] – “…curvai-vos diante desta cruz e inclinai-vos profundamente” – A Mãe de Deus fala da Cruz de Jesus que aparecerá no firmamento para todo o mundo durante 7 dias seguidos como sinal da Sua última misericórdia ao mundo. A Mãe de Deus diz que devemos inclinar profundamente e nos curvar em sinal de respeito e adoracao à Santa Cruz, à morte do Seu Santíssimo e amorosíssimo Filho na Cruz. A Mãe de Deus é a Co-Redentora que também sofreu ao pé da Cruz e, como filhos, haveremos também de padecer este sofrimento da Cruz. Sem cruz não há salvação.