11 Outubro 2016 – Maternidade da Mãe de Deus.

Mensagem da Mãe de Deus à Anne.

11 Outubro 2016 – Maternidade da Mãe de Deus. A Mãe de Deus fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Nós celebramos hoje, 11 de Outubro 2016, a festa da Maternidade da Mãe de Deus. Antes, precedeu-se um dígno Santo Sacrifício da Missa no Rito Tridentino, segundo Pio V.

O altar da Mãe de Deus estava abundantemente provido com arranjo de flores. A Mãe de Deus apareceu totalmente em branco e, durante o Santo Sacrifício da Missa, Ela segurava um Rosário branco no alto. A Mãe de Deus e o Menino Jesus também abençoava-nos.

A Mãe de Deus falará hoje: Eu, vossa amorosíssima Mãe, falo agora e neste momento, através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra na vontade do Pai Celestial e repete palavras que hoje vem de Mim.

Meu pequeno rebanho amado, Meus amados seguidores, Meus fiéis peregrinos e fiéis de perto e de longe. Eu, vossa amorosíssima Me, pude hoje celebrar a Minha Maternidade. Muitas pessoas não mais professam e nem reconhecem que Eu tornei-Me a Mãe do Filho de Deus. Eu fui escolhida para isso. Muitos fiéis Me nomeiam hoje Maria. Eles não reconhecem Minha Maternidade. Eles afirmam que Eu sou do povo, mas jamais a Mãe Celestial, a puríssima de todas as puras, a escolhida do Deus Trino.

Eu acolhi o Filho de Deus pelo Espírito Santo. Eu permaneci pura antes, durante e depois do nascimento. Isto é incomun e incompreensível para todos. Todavia, Eu fui estabelecida como Portadora de Deus desde a eternidade, como a Mãe do Filho de Deus.

Minha Maternidade é muito desonrada e negada por muitos sacerdotes e também por fiéis. Eles acreditam que o catolicismo e o protestantismo é uma (só) crença. Se trouxe o protestantismo para dentro da igreja católica. Não se tentou esclarecer os protestantes sobre a verdadeira fé. Há somente uma Santa Igreja Católica e Apostólica, que é a verdadeira igreja.

Tem-se desonrado o sacerdócio na fé católica, enquanto que se considerou como inapropriado para eles, o uso do Brevier e da batina sacerdotal. O Santo Sacrifício da Missa foi desonrado e alterado. Hoje, segundo o vaticano II, em todas as igrejas deve haver um altar do povo e neste, os sacerdotes mantém o banquete comunitário. Isto não corresponde à verdade de Meu Filho Jesus Cristo. Porém muitíssimos fiéis acreditam na mentira que eles descrevem como verdade. Eu, como Mãe Celestial, sou confiante nos Meus Filhos Marianos, que Me amam e honram, mas não como uma Maria qualquer.

Eu agradeço-vos, Meu pequeno rebanho amado, Meus seguidores e também vós peregrinos que confiais. Eu agradeço-vos por vós reconhecerdes a Minha Maternidade.

Eu quero ser vossa Mãe em toda a ocasião. Pela vontade do céu, vós deveis abandonar pai, Mãe e filhos, caso isto esteja na vontade do Pai Celestial e, pela Sua vontade, sereis desprezados. Então podeis até mesmo alegrar-vos. Se vós não podeis viver a fé em vossa família, então separai-vos, mesmo que isto seja difícil. Eu estou convosco e sei sobre vosso sofrimento. Eu quero ser Mãe para vós e consolar-vos. Entregai vossos filhos ao Pai Celestial. Ele irá educá-los e conduzí-los no trilho correto. Vós não sois capazes para isso nos dias de hoje. Vós não tendes possibilidade alguma nesta época modernista. Vós não podeis ensinar vossos filhos na verdadeira fé, pois eles serão influenciados pelo ambiente. Eles se orientam no largo fluxo do mundo e não encontram a verdade. Os prazeres e as muitas possibilidades neste mundo mantém-lhes distantes da fé.

Eu, como Mãe Celestial, sei do vosso sofrimento e de vossos corações sangrentos por vossos filhos, pelos quais vós anseais. Eles não querem pertencer ao Pai Celestial. Vós sabeis, Meus amados, o que a verdade significa.

Porém, vossa meta é ver novamente vossos filhos na eterna Glória. Acreditai que o Pai Celestial toma tudo em Suas mãos, além de guiar e conduzir vossos filhos. Isto que vós não podeis, o Pai Celestial controlará. Ele cuida de todos, especialmente de vós, Meus amados filhos.

Tende confiança e separai-vos de vossos filhos, caso eles vos impedem de viver a verdadeira fé, mesmo se eles não estão na verdade, isto é, se eles não reconhecem o Santo Sacrifício da Missa e não o celebram na verdadeira devoção. É possível hoje para todos os fiéis celebrar uma dígna e válida Santa Missa no Rito Tridentino segundo Pio V., de acordo com o DVD. (Pode-se pedir à Dorothea Winter, Kiesseestr. 51b, 37083 – Göttingen, Tel. Nr. 0551/30 544 80 ou fazer o Download aqui). Há esta possibilidade que todos têm de querer viver a verdadeira fé católica. Disso não há excessão alguma. Como Mãe da Trindade, como Mãe Celestial, Eu amo-vos de maneira especial.

Hoje, neste dia, Eu gostaria de enfatizar que Eu quero ser a vossa amorosíssima Mãe em toda a situação. O verdadeiro consolo recebereis somente de Mim, vossa Mãe Celestial.

Vós, amadas Mães que já deixastes matar vossos filhos no ventre materno, Eu quero conceder-vos o verdadeiro consolo e conduzir-vos ao Pai Celestial. Fazei uma Santa confissão dígna, pois os sacerdotes são vocacionados a doar-vos este Sacramento da Penitência. Para vós é importante que arrependeis, que vós quereis confessar vossos pecados diante de Jesus, que vos espera. Vós deveis começar uma nova vida. Eu estou aí para vós, pois Eu quero consolar-vos. Eu gostaria de não vos deixar sozinhas em vosso grande sofrimento.

Sede abençoados pela Trindade e por vossa Mãe Celestial com todos os Anjos e Santos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Esta festa de hoje deve dizer a vós todos que ela foi estabelecida para vós. Eu sou a Mãe Celestial e quero ser consolo para vós em toda ocasião. Amém.