11 Junho 2017 – Festa da Santíssima Trindade.

Mensagem do Pai Celestial à Anne.

11 Junho 2017 – Festa da Santíssima Trindade. O Pai Celestial fala após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina Segundo Pio V., através de Seu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje, 11 Junho 2017, celebramos a festa da Santíssima Trindade em um Santo Sacrifício da Missa Tridentina Segundo Pio V..

Hoje também haviam muitos Anjos presentes durante o Santo Sacrifício da Missa. O altar do Sacrifício estava imerso numa luz aquecida de cor dourada. O altar da Virgem Maria foi iluminado várias vezes. Durante o Santo Sacrifício da Missa as velas sobre o altar ficaram também iluminadas, como chamas claras. Estas chamas ficaram cada vez mais maiores. No abundante arranjo de flores havia pequenos cristais que brilhavam como diamantes e estavam também com pequenas perolas brancas visíveis. Estes cristais brilhantes significariam a devoção diante da Trindade. Isto foi comunicado a mim.

Isto é o maior Tesouro de nossa fé católica. A Trindade significa Três Pessoas. Estas Três Pessoas unem-Se na Unidade. Elas são um Espírito. Este ser Um, Meus amados, não podeis entender. Vossa pouca compreensão humana não entenderá isto.

Agora Eu, o Pai Celestial, já disse. Eu continuarei a dar instruções, orientações e informações através de Meu solícito, obediente e humilde instrumento e filha Anne, que se encontra totalmente em Minha vontade e repete somente palavras que vem de Mim.

Pequeno rebanho amado, amados seguidores e amados peregrinos e fiéis de perto e de longe. Quão muito Eu vos amo a todos!

Quão muito e quão frequente vós cumpris Minha vontade. Quão frequente apresentais sacrifícios a Mim, sacrifícios que Eu, entretanto, espero de Meus sacerdotes. Lamentavelmente, eles não estão dispostos, ainda hoje, a se tornar sacerdotes do sacrifício. Eles não estão dispostos a celebrar o Meu Santo Banquete Sacrificial num altar do Sacrifício. Eu amo todos e gostaria também de salvar todos da condenação eterna.

Por isso, Meus pequeno rebanho amado, Eu desejo também hoje os muitos sacrifícios de vós. Eu, o Pai Celestial, olho ainda hoje para os muitos sacerdotes que anunciam e vivem a descrença. Quão frequente Eu, o Filho de Deus, tornei-Me já num mendigo e imploro junto do Trono de Meu Pai por estes Meus sacerdotes extraviados. Quão frequente Eu olho tristemente para os Meus sacerdotes, porque eles não prestam obediência a Mim.

Eu também olho para a Minha pequena Katharina. Quantos oradores Eu enviei a ela! Dia e noite os seguidores rezam por ela. Naturalmente, Meus amados, Eu poderia curar sua doença com um abanar de dedo. Todavia, Eu desejo que ela Me apresente muitos sacrifícios. Eu exijo de você muitos sacrifícios, Minha pequena Katharina, pois você está em uma comunidade de quatro.

Esta comunidade de quatro possui uma missão mundial. Ela é tão grande que você não pode compreendê-la. Minha pequena, frequentemente você não Me compreende que Eu te amo abandonadamente. E você, onde está você? Onde estão seus sacrifícios que Eu exijo de você? Você tropeça para lá e para cá e frequentemente não acredita que Eu quero te tornar novamente saudável. Eu desejo de você, que você fique totalmente saudável. Naturalmente, Eu irei operar o milagre. Porém, falta a sua fé, sua fé firme e o sacrifício. Você sabe que a quimioterapia causou em você muitas  consequências e que Eu não quis esta terapia desde o início. Estes danos da quimioterapia devem ainda hoje ser eliminados com muito líquido. Isto Eu desejo de você. Trazei-Me diariamente sacrifícios, então Eu, o Pai Celestial, irei presentear –te com nova felicidade. Esta felicidade tornará grande em seu coração. Isto você pode esperar de Mim, do Pai Celestial. Eu te amo e isto Eu repito diariamente.

De Minha Katharina Eu exijo que ela no futuro apresente-Me este sacrifício diariamente. Senão ela não pode estar na Minha comunidade de quatro. Esta comunidade de quatro contém tanto sacrifício, que vós quase não podeis suportar.

Eu amo a vós todos, Meu pequeno rebanho amado, Meus amados seguidores, porque vós trazeis a Mim, ao Deus Trino, tanta alegria. Eu sou o Grande Deus, o Santo, o Santíssimo.

E vós celebrastes esta Trindade hoje, juntamente com a igreja-capela em Mellatz. Aí, está a vossa festa do Patrono. Esta capela é consagrada à Trindade. Isto é uma grande dádiva que Eu vos dei. Esta é Minha casa em Mellatz. Eu mesmo a quis assim, como ela é. Eu manifestei a vós todos os Meus desejos e vós os cumpristes agradecidos. Eu governo nesta casa, mesmo quando vós não podeis estar lá.

“Esta é Minha casa em Mellatz. Eu mesmo a quis assim, como ela é” Mellatz – Alemanha.

Minha pequena, você consiste dia e noite somente de sacrifícios. Você Me envia este sacrifício. Naturalmente, você recebe as Graça disso. Você aceita esta Graça e Me envia os sacrifícios para os Meus sacerdotes. Você ainda reza durante a noite para Mim, por amor a Mim e por amor aos Meus sacerdotes, apesar de você ás vezes aguentar muitas dores em razão de suas quatro hérnias de disco. Eu te agradeço. Você sabe que você suportará ainda mais no futuro. Eu te apoio em todas as suas preocupações e sacrifícios, pois você frequentemente desespera e pensa que você não pode mais suportar isto.

Contudo, Eu estou aí, pois Eu disse que Eu estou todo o tempo junto de vós, mesmo quando vós não percebeis isto. Mesmo quando pensais que tudo segue invertido, mesmo aí Eu estou junto de vós. Então, Eu conduzo as coisas para os trilhos corretos. Eu, o Pai Celestial na Trindade e da Trindade, guiarei tudo para o bom. Com um abanar de dedo, Eu poderia mudar tudo. Eu poderia operar milagres sobre milagres e Eu irei operar milagres. Contudo, vós deveis acreditar e confiar e demonstrar o vosso amor a Mim, através dos muitos sacrifícios. Vós não ficareis saudáveis num único dia. Não, caso continueis a suportar vossas doenças, então apresenteis os maiores sacrifícios, porém no amor e agradecimento. Não suportais isto para o bem de vós mesmos, não, mas sim para o Meu bem, sem resmungar e sem murmurar. Este amor é relevante para a vossa recuperação.

Se Eu assim desejar, podeis perder vossa grave doença num instante. Se vós acreditais e confiais, Eu posso realizar milagres. Se vós, porém, trabalhais contrariamente, então trabalhais contra a Minha vontade. Eu sei que é frequentemente difícil para vós apresentar os maiores sacrifícios. Vós pensais com frequência que Eu vos abandonei. Não é assim. Nas maiores cruzes Eu estou presente e vos seguro. Assim, vós não estais sozinhos e podeis demonstrar a Mim vosso maior amor, vosso amor humano.

Ele não é de se comparar com o Meu amor Divino. Assim, recebeis o amor Divino e podeis também fazer muita coisa em vossa idade avançada. Vós pensais que vós perdeis a memória com a idade. Isto não é correto. São células saudáveis que são mobilizadas, quando tornais ativos. Se permaneceis passivos, então Eu não posso ajudá-los. Eu desejo sacrifícios e empenho. Isto o que vós fazeis relutantemente, fazei-o com gosto por amor a Mim. Eu vos demonstro diariamente o Meu amor Divino. Eu desejo de vós a prova do amor humano.

Quão frequente Eu vos tomo nos braços e vos dou consolo? Quão frequente acontece pequenos milagres no dia? Virá o tempo em que Eu farei grandes milagres em torno de vós e operar em vós.

Todavia, Minha intervenção está à porta. É triste o fato que Eu, o Pai Celestial, ter sempre que lembrar novamente de Minha intervenção. A humanidade não acredita que Eu intervirei. Isto porque não Me demonstram a maior honra e porque ainda hoje não Me apresenta o Santo Sacrifício da Missa. O Meu Filho Jesus Cristo estabeleceu este Santo Sacrifício da Missa para a salvação de toda a humanidade.

Eu, o Deus Trino, espero por vosso: “Sim, Pai, ainda hoje eu irei cumprir Teu desejo e não o meu.”. Quão feliz fico Eu com cada sacerdote que se arrepende e Me demonstra que ele, de fato, ama-Me, que ele tornará um sacerdote do sacrifício e Me presta a mais alta revercência.

Os leigos jamais devem continuar a partilhar a comunhão, esta Santa Comunhão, o Santíssimo. Jesus Cristo está presente na Santa Hostia com a Divindade e a Humanidade. Esta Comunhão não se pode receber com as mãos, mas sim somente de joelhos e na boca. E isto falta hoje, Meus amados. Os altares do povo não são nenhum altar de sacrifício. A comunhão dos leigos é um sacrilégio, um sacrilégio grave.

“Os leigos jamais devem continuar a partilhar a comunhão”

O demonio tem aí seu poder e ele irá também exercê-lo. Se vós todos, Meus amados que ainda hoje entram nestas igrejas modernistas e acreditais nestes altares do povo, ireis todos experimentar o demonio de forma visível. Sim, lamentavelmente, Meus amados, Eu devo dizer-vos isto. Eu gostaria de impedir isto, pois Eu gostaria que todos sejam salvos. Isto é o Meu desejo e vontade.

Eu nomeei e escolhi Minhas pequenas almas de expiações para que elas expiem pelos muitos sacrilégios dos sacerdotes. Tudo tem que ser expiado. Tudo é transgressão grave. Porém, Eu amo os Meus sacerdotes, cada um individualmente de todo o coração e de toda a alma. Quão muito ama a Minha amorosíssima Mãe Seus sacerdotes, pois Ela é a Mãe de todos os sacerdotes. Uma Mãe amorosa não esquece nenhum de Seus filhos. Ela, a Mãe, está aí (presente) na maior necessidade. Vós podeis chamá-Lá e Ela pedir-vos-á uma multidão de Anjos. Vós podereis demonstrar vosso sacrifício ao Pai Celestial. Confiai mais e mais profundo. Assim, Eu operarei milagres. Vós não podereis compreender isto de tão grande que estes milagres serão.

Eu abençoo-vos agora na Trindade e na SantíssimaTrindade, em todo o amor e agradecimento, com vossa amorosíssima Mãe e todos os Anjos em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Meu amor Divino é ilimitado e ele opera em vós, se acreditais e confiais.