10. Maio 2015 – Quinto domingo após a Páscoa. A Mãe de Deus Fala no Dia das Mães, Após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, Segundo Pio V.

Mensagens da Mãe de Deus à Anne.

10. Maio 2015 – Quinto domingo após a Páscoa. A Mãe de Deus fala no dia das mães após o Santo Sacrifício da Missa Tridentina, segundo Pio V., na casa da Glória em Mellatz através de Seu instrumento e filha Anne.

Anne: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. Hoje é a dia de festa das Mães de nossa amada Mãe Celestial. Em nome de todas as Mães, que veneram a Mãe de Deus, aman-Na, dão-Na atenção e honram-Na eu gostaria de entregar as felicitações pelo seu dia de Mãe. As flores diante de Seu altar de Maria estão enfeitadas com diamantes e pérolas brancas. Existem alguns ramos de rosas juntas que nossa Mãe Celestial recebeu como presente de Seus seguidores. A Mãe de Deus alegra-Se, especialmente, por estas flores. Ela está coberta hoje em um jardim de rosas. O altar do Santo sacrifício estava, naturalmente, mergulhado também em luzes douradas durante o Santo Sacrifício da Missa e o Santo Arcanjo Miguel manteve-nos distante, novamente,  de todo o mal.

Neste momento, fala a Mãe de Deus: Meus amados filhos de Maria, Meu pequeno rebanho amado, Meus seguidores, vós seguistes ao Meu chamado. Também Eu gostaria, como Mãe Celestial, dar-vos estas felicitações que vós dissestes a Mim.

Vós tendes, como mães, trazido vossos filhos ao mundo e vós tendes abandonado-os por causa do Nome de Jesus, porque este difícil caminho, que vós agora seguis, eles não caminharam juntos porque eles não estão preparados para Me seguir, pois Eu queria trazê-los ao Pai Celestial. Vós sofrestes muito como mães, Meus amados filhos. Porém, enviai-vos vós mesmos e também vossos filhos a Mim, pois Eu irei conduzir-vos a todos ao Pai Celestial e Eu poderei, como Mãe Celestial, protegê-los no seu caminho.

Vossa dor é, precisamente, grande porém, Eu, como Mãe Celestial, carrego isto (esta dor) também convosco. Não estejais tristes neste dia, mas sim alegrai-vos do Céu todos os dias. Meu Filho Jesus Cristo ressucitou e Eu, como Mãe Celestial, tenho-vos tomado todos para debaixo da cruz, com isso vós também, de bom grado, podeis suportar esta cruz – vossa dor.

Como vós já percebestes, o Pai Celestial, certamente em breve, permitirá vir este Seu tempo, pois em breve o fim dos tempos vai estar cumprido. O Pai Celestial tem elevado o Seu braço de fúria a tempos, como vós sabeis. E Ele deixará cair sobre a humanidade. Não estejais tristes por isto, pois vós, Meus amados filhos, estais totalmente protegidos. Não tenhais medo diante deste tempo que também virá sobre vós. Porém vós deveis resistir, vós deveis, corajosamente, progredir neste caminho, mesmo quando o mal pensar ter ainda o cepto em mãos. Seu tempo venceu e o tempo do Pai Celestial está cumprido.

Dificuldade virá sobre toda a humanidade. Vós ireis vivenciar isto, pois vós ireis estar juntos. Uma catástrofe da tribulação irá desencadear outra, como também você, Minha amada pequena, uma doença após outra como expiações tivestes suportado. Você, Minha pequena, como antes, não terás as coisas fáceis neste tempo de agitação da igreja para (ter de) suportar este sofrimento. Porém, você será apoiada pelo seu pequeno rebanho e pelos seus seguidores. Você não está sozinha.

Você vai poder suportar todo este sofrimento, assim como o Pai Celestial deseja de você. Você tem-Lhe transmitido a sua vontade e assim Ele fará isto acontecer, que Ele continuará a utilizá-la como bola de jogo. Seja solícita e avance corajosamente.

Como será este tempo, que agora virá sobre vós? Eu já não vos tenho dito, como Mãe Celestial, que este grande acontecimento irá acontecer em Wigratzbad? A cruz irá preceder e a aparição vai estar visível em todo o mundo. Adiante ocorrem muitas tribulações, muitas doenças e muita mudança nas condições do tempo.

Vai-se caracterizá-las como normais. Porém, o Pai Celestial controla estes eventos. Virá grande catástrofe sobre vós. Algumas cidades serão, completamente, aniquiladas. Entre elas encontra-se a cidade de Roma. Sim, vós não podeis compreender, Meus amados filhos, que esta Roma está em plena confusão, sugeira e caos. Nada está para corrigir, porque estes cardeais, arcebispos, bispos e até mesmo o sucessor de Pedro não demonstram obediência ao Meu Filho Jesus Cristo. Eles não estão dispostos a se converterem, apesar de Eu, como Mãe Celestial, frequentemente os adverti que eles deveriam converter para não preciptarem no abismo eterno.

Porém estes Meus filhos sacerdotes ainda não obedecem à Sua Mãe Celestial. Eu quero a todos, como Mãe dos sacerdotes, conduzí-los ao Pai Celestial. Como sacerdotes, que se tornaram conscientes da suas vocações,  que vivem a santidade e que celebrem, especialmente, o Santo Sacrifício da Missa em plena verdade no Rito Tridentino segundo Pio V. A maioria dos sacerdotes, até hoje, não estão dispostos a isto, porém Eu, como Mãe não irei parar de pedir ao Pai Celestial, pois também vós, Meus amados filhos de Maria, expiais, orais e sacrificais por eles. Até o momento, eles não se converteram, porém, vós a rezais e persistis.

Sim, o que se passa com este Wigratzbad, Meus amados filhos? Quão muito Eu sofro devido ao fato que este diretor do local de orações expulsou meus filhos. No ano que se passou, eles queriam expiar, orar e sacrificar nesta noite de expiação. E, assim, eles poderiam trazer o maior sacrifício, como o Pai Celestial tem pedido a deles. Eles não têm protestado. Eles tem suportado este sacrifício. Quão muitos de Meus seguidores estão lá e celebram a Santa Missa Tridentina em plena verdade.

Eles têm já professado a seguirem o caminho mais difícil, porque eles são os seguidores, porque eles oram e sacrificam, porque eles estão atrás desta mensageira da missão mundial. Tudo o que o Pai Celestial os impõe, eles quererão, certamente e corajosamente, suportar. Eles não desistirão. Eles têm decidido-se a seguir este caminho e continuarão a seguí-lo corretamente. Eu, como Mãe Celestial, apoio-os em toda a situação.

E agora, Meus amados filhos, Meus amados filhos de Maria, gostaria despedir-Me de vós. Eu penso em vós e Eu amo-vos, especialmente, neste dia de hoje.

Mais uma vez, Eu gostaria de repetir que as mensagens para todos os mensageiros pararão agora. Por isso,  Minha pequena como a única que cumpre a missão mundial, pode transmitir estas mensagens. Eu protejo, guio e dirijo-vos continuamente. Vossa amada Mãe abencoa-vos agora na Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Estejai alegres e agradecidos que deste mundo, como nele se vive, vós estais separados. Vós estais na verdadeira fé, no verdadeiro catolicismo que hoje, lamentavelmente, não se vive. Meu Filho Jesus Cristo não pode concretizar-se nestas pessoas e fiéis e, também, nestes filhos sacerdotes. Sejais corajosos e avance corajosamente, assim como vosso Pai Celestial deseja de vós. Amém.